domingo, 26 de maio de 2013

OS BATOTEIROS E OS FISCAIS DE LINHA BESGOS

Recomendo à direção da FPF e da LPFP; façam aplicar a lei, dentro e fora das quatro linhas, igual para todos, sem dó nem piedade, e não nos atirem "areia para os olhos"!
"Sabemos" onde está a incompetência e a cumplicidade e a mafia azul.




A incompetência compensa. Pelo menos no sector da arbitragem em Portugal e verdade.



Arbitragem de Jorge de Sousa HOJE NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL



Uma VERGONHAAAAAAAAAAA VERGONHAAAAAAAAAAAAAAA

Jorge Sousa, um árbitro do Porto
Reza a lenda que o árbitro Jorge Sousa foi membro dos Super-Dragões. Não sei se o boato começou porque alguém testemunhou a sua presença na claque ou porque, nos jogos que arbitra, Jorge Sousa parece mais portista que o Jorge Nuno.

 falseou a Vitória do VITÓRIA de GUIMARÃES contra o BENFICA



O árbitro Jorge Sousa, do Porto, foi nomeado para dirigir a final da Taça de Portugal, entre Benfica e Vitória de Guimarães, no domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol.
Jorge Sousa, de 37 anos, fará a sua estreia em finais da Taça de Portugal, numa carreira em que contabiliza mais de 1.500 jogos dos vários escalões.
No Estádio Nacional, o árbitro da associação de futebol do Porto estará acompanhado pelos assistentes Bertino Miranda (Porto) e Álvaro Mesquita (Vila Real), enquanto Bruno Esteves (Setúbal) será o quarto árbitro.



SPORT LISBOA E BENFICA -1 VITORIA FUTEBOL CLUB - 2




SO QUE O 1º GOLO E PRECEDIDO DE FORA DE JOGO CLARISSIMO ...

 Um jogador encontra-se em posição de fora-de-jogo se:
estiver mais perto da linha de baliza adversária do que a bola e o penúltimo adversário
Um jogador não se encontra em posição de fora-de-jogo se:
estiver no seu próprio meio campo ou
estiver em linha com o penúltimo adversário ou
estiver em linha com os dois últimos adversários



 FOI MESMO UM ROUBO DE CATEDRAL AZUL NO JAMOR ....



Mas isto não e a primeira vez .

NÃO !....SENHOR   NÃO E A PRIMEIRA VEZ




                                                      
                                            JORGE SOUSA, O ÁRBITRO DO SISTEMA


Roubados: “Sempre em prejuízo do Benfica”

IGA SAGRES : BENFICA ROUBADO POR JORGE SOUSA UM ARBITRO SUPER DRAGÃO


CONTINUA  A BATOTA E OS BATOTEIROS A ROUBAREM O BENFICA.


No lance do primeiro golo adversário do Benfica o vitória de Guimarães  (mesmo tendo sido obtido em fora-de-jogo para mim na banheira o do MINHO) toda a gente no mundo véu menos o socio dos super ladrões e o besgo do tal fiscal de linha ...pois se o mesmo golo  fosse ao contrario [ Benfica] ainda agora o rui tinha um ataque de pulgas por não ser beneficiado ..
Sendo  assim foi uma vitória sensacional de um clube não batoteiro mas com batota ganhou a taça ao Benfica .
 O que fica pra historia e q o Guimarães ganhou uma taça de Portugal ao Benfica no Jamor o resto e treta mesmo que o cabeça de lado leve umas palmadas ou lhe façam esperas e lhe pintem a casa de azul.



                          Jorge Sousa, árbitro do sistema
Jorge Sousa é o conhecido ex-membro da claque do clube do norte, portista assumido.
Estejam atentos.
Eu não acredito em coincidências. A máquina corrupta está em funcionamento.



É caso para perguntar ao Conselho de Arbitragem da Federação se não chegou a ser equacionada a nomeação do próprio PEDRO  PROENÇA  para a "festa do futebol português" no Jamor ser ainda maior.



POR:K


segunda-feira, 13 de maio de 2013

A Corrupção no Futebol Português..

Mas ainda Não Terminou  ,esta muito longe do fim senão vejamos abaixo com fatos reais .....





“A Constituição americana – até hoje considerada como um dos melhores textos jurídicos jamais escritos - enumera o que os Founding Fathers chamaram de «verdades que temos como evidentes». “
Miguel Sousa Tavares, A Bola,


Aparentemente, há juristas que lêem a Constituição americana sem o cuidado que é devido a um dos melhores textos jurídicos jamais escritos. Na verdade, não é a Constituição americana que enumera aquilo a que os Founding Fathers chamaram verdades que temos como evidentes. Essas são enumeradas na Declaração de Independência, que foi escrita uma boa década antes da Constituição. É, então, na Declaração de Independência que os chamados países fundadores dos Estados Unidos expõem as verdades que consideram evidentes: que todos os homens são criados iguais, que são dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, e que entre esses direitos se contam o direito à vida, à liberdade e à busca da felicidade. Uma das verdades que não é evidente, quer para a Constituição, quer para a Declaração de Independência, é que os cidadãos tenham o direito inalienável de não serem escutados. Como é evidente, todos os cidadãos têm o direito à privacidade - mas esse direito não é absoluto. E a magnífica lei americana permite o uso das escutas como meio de investigação, assim como a lei portuguesa. Que horror! Mas não era a PIDE que também escutava? Era. Se bem me lembro, a PIDE também prendia e, apesar disso, no regime democrático há quem continue a ir preso. A diferença é simples, mas parece que é difícil de entender: a PIDE escutava e prendia arbitrária e ilegitimamente, como é próprio das polícias políticas das ditaduras; a polícia das democracias escuta e prende justificada e legitimamente, como é próprio do Estado de direito democrático. O mais intrigante, no caso das escutas do Apito Dourado, é o facto de haver discussão quando, afinal, estamos todos de acordo. Por exemplo, estou de acordo com Miguel Sousa Tavares quando, depois de José Sócrates lhe ter dito que não devíamos conhecer o conteúdo das escutas do processo Face Oculta, respondeu: “Mas conhecemos. Eu também acho que não devíamos conhecer, mas conhecemos. E, uma vez que as conhecemos, não podemos fingir que não conhecemos. Eu, pelo menos, não posso”. (http://www.youtube.com/watch?v=RlWI8t7JY6Y&t=08m07s).
E estou de acordo com Rui Moreira, quando ontem confessou aqui a razão pela qual comentou as escutas que envolviam o nome de José Sócrates: «(...) limitei-me a não ignorar o que era público, ainda que resultasse de uma ilegalidade. Ninguém se pode alhear do que é público e das suas consequências». A única diferença é que eu tenho essa opinião relativamente a todas as escutas, e não em relação a todas menos as do Apito Dourado. Também acho que não devíamos conhecer a escuta em que Pinto da Costa combina com António Araújo oferecer fruta para dormir ao JP, mas conhecemos. E, uma vez que a conhecemos, não podemos fingir que não conhecemos.
Eu, pelo menos, não posso. Quando comento a escuta em que Pinto da Costa dá indicações a um árbitro para que vá a sua casa nas vésperas de um jogo, limito-me a não ignorar o que é público, ainda que resulte de urna ilegalidade. Até porque ninguém se pode alhear do que é público e das suas consequências. Além disso, note-se, até concordo com MST quando diz que as escutas vieram a público nesta altura por causa do Porto-Benfica. O objectivo é prejudicar o Benfica: os jogadores que tiverem conhecimento das escutas ficam a saber que, por mais que se esforcem, se o árbitro estiver trabalhado não têm hipóteses de ganhar. Desmoraliza qualquer um.
Rui Moreira desfez-se em explicações para justificar que comentar umas escutas é um acto legítimo e comentar outras é uma vileza sem nome. Agora que foi despedido, talvez Rui Moreira tenha mais tempo livre para entrar num negócio que gostaria de lhe propor: formarmos um circo. Como ele já aqui tem sugerido várias vezes, eu seria, evidentemente, o palhaço. Ele seria o contorcionista. Não são muitos os artistas que se podem gabar de ter um número tão bom como o dele. A única maneira de Rui Moreira e MST comentarem uma escuta de Pinto da Costa é o presidente do Porto ser apanhado numa conversa telefónica com José Sócrates. Mesmo assim, suponho que fizessem um comentário misto, debruçando-se apenas sobre intervenções de Sócrates: “Esta intervenção de Sócrates reforça a nossa desconfiança nele. Agora temos uma parte do telefonema que não devíamos conhecer e temos nojo de quem a comenta. Agora está Sócrates novamente a fragilizar a sua credibilidade. E agora temos mais uma parte da conversa que é indigno estarmos a ouvir”.
Umas coisas são picardias maliciosas, típicas do mundo do futebol; outra, bem diferente, são ofensas. E Villas Boas ofendeu-me gravemente numa conferência de imprensa que deu esta semana. Disse que as minhas crónicas eram as únicas que gostava de ler porque eu o fazia rir. Sinceramente, creio que não merecia o insulto. Todas as semanas faço aqui o melhor que posso para provocar Villas Boas. Já recorri a tudo: sarcasmo, ironia, escárnio, simples sacanice. E Villas Boas tem a repugnante nobreza de carácter, o asqueroso desportivismo de achar graça. Para ele, se bem percebo, isto do futebol é a coisa mais importante do mundo para todos, mas no fim acaba por ser um jogo de que nos podemos rir juntos, seja qual for o nosso clube. Simplesmente infame. Exijo que passe a ter o fair-play de um Rui Moreira, que gosta muito de piadas desde que não sejam sobre ele. Obrigado.

Por Ricardo Araújo Pereira, 16 de Outubro in jornal A Bola


O “Título do FC Porto é um tributo dos árbitros!”

, João Gabriel,, onde afirma que o título de campeão nacional desta temporada foi um tributo dos árbitros ao FC Porto.

“O título de campeão deste ano é um tributo da arbitragem ao FC Porto e o convite a Pedro Proença para um repasto na marisqueira de Matosinhos  foi uma justíssima homenagem a ele e aos seus fieis vassalos azuis. A partir de um determinado momento foi evidente que o Benfica passou a ser prejudicado. É curioso que o ano passado o ataque verificou-se logo nas primeiras jornadas do Campeonato, este ano sucedeu o contrário, aconteceu tudo na parte final, mas tudo o resto foi exatamente igualmente descarado , foi tudo muito sujinho e sujinho  .




Usem esta força que vem do exterior para, contra circos, palhaços, burros, corruptos e afins, DIZER BASTA de tanta BATOTA no futebol  Português ..



Porrada forte e feio no Sporting vs FC Porto 1991-1992








A verdadeira crónica das Antas | Leonor Pinhão
Arsenal, Benfica e Real Madrid perderam os seus jogos no último fim-de-semana. Coisas que acontecem nas melhores famílias.
Como os adeptos do Arsenal e do Real Madrid suportaram as derrotas dos seus clubes é coisa que não interessa nada. Sobre a reacção dos adeptos do Benfica orgulhamo-nos de vos apresentar um documento único. Nem mais nem menos que uma gravação áudio dos comentários dum grupo de prosélitos do maior clube português enquanto assistiam, através da RTP, à transmissão em directo do jogo das Antas.
 A gravação reporta-se ao espaço medido entre o primeiro e o derradeiro apito do árbitro do encontro, o senhor Paulo Costa, do Porto. A transcrição dos comentários é fidedigna e não foi alvo de censura. A vossa atenção, portanto!
 — Quem é este tipo?
— É o Paulo Costa.
— Mas não é do Porto?
— Do Porto ou do F. C. Porto?
— Do Porto?
 — É mas isso agora não tem importância nenhuma. Os melhores árbitros para os melhores jogos, é o que deve ser.
 — Quem é este rapaz?
 — É o Éder.
— Que ideia do Jesualdo de meter o Éder, que nunca jogou num jogo destes.
— Estamos em cima deles.
 — Se o Éder ao menos soubesse centrar...
 Ouvem-se aplausos.
 — ...Golo, golo, mas que grande centro do Éder. O Tiago só teve mesmo de pentear a bola.
 — Pentear a bola?
 — É uma expressão que se usa.
— Mas que grande ideia do Jesualdo de lançar o Éder num jogo destes. É assim mesmo!
— O Porto andou atrás do Tiago mas o Veiga trouxe-o para a gente.
 — Grande Veiga!
— Olhem-me só esta entrada do Costinha sobre o Simão.
— Nem falta nem amarelo.
 — Está bem assim. É o critério do árbitro. Vai deixar jogar à bola com o mínimo de interrupções.
— O Jesualdo percebe imenso disto.
— Ena, que grande pantufada do Jorge Costa no Fehér.
 — Nem falta nem amarelo.
 — É uma arbitragem como no estrangeiro, em que os árbitros nem se vêem nem se ouvem.
— Eh pá, até parece o Colina.
— Chiça, mas o que é que o Petit fez agora para levar cartão amarelo?!
— O Costinha há bocado fez muito pior e nem sequer foi falta.
— Os árbitros também erram.
— Ah pois.
— Coitado do Fehér, está farto de levar.
— O Ricardo Rocha é o máximo.
 — Mas não é defesa-esquerdo.
 — Está bem, mas não se lembram do Marco Caneira na época passada?
 — Não, não, não deixem esse tipo centrar...
 — Olha-me só o Éder... Foi mesmo ao ângulo. 1-1, que chatice.
— Mas que ideia do Jesualdo de meter este tipo.
— Olha outra falta do Jorge Costa.
 — Agora vai mesmo levar amarelo.
 Ouvem-se aplausos.
 — Um a um no marcador e um a um em cartões amarelos.
 — Ah Petit que ias marcando...
— Ah Fehér que ias marcando.
 — Só não marcou porque está politraumatizado da pancada que tem levado.
— Já podíamos ter isto resolvido.
 — Isto sem o Zahovic é outra louça.
 — Vai Simão, vai!
 — Com um árbitro a sério o Jorge Costa ia já para a rua.
 — Olhem, e vai mesmo.
 Ouvem-se aplausos.
 — O Simão está deitado no chão e a levar pontapés.
 — O Paulo Costa não vê nada.
 — Estamos desgraçados!
 — O quê? Desgraçados a jogar com mais um?!
 — Sim, desgraçados.
 — Nunca estamos satisfeitos.
 — Não sejam naïves, o árbitro agora enquanto não expulsar dois jogadores do Benfica não descansa.
 — Isso é mania da perseguição.
 — O que é naïves?
 — É totós.
— Olha a tribuna presidencial tão bem composta.
 — Olha o Bibi atrás do Pinto da Costa. E ao lado está o professor Paulo Barbosa.
— É professor de quê?
 — Afinal quem é o Bibi?
 — É aquele senhor que interrompeu um treino da nossa equipa de futebol para dar um recado ao Roger.
 — Agora está zangado com o Vilarinho e com o Vieira...
 — Por causa do Pedro Miguel?
 — Que disparate! Por causa dos empresários.
 — O que é que aconteceu ao Pedro Miguel?
 — Foi despedido pelo filho do Bibi que é vice-presidente do Benfica.
 — O Pedro Miguel é do Veiga ou do Paulo Barbosa?
 — É do basquetebol.
 — Porque é que estão a falar de basquetebol numa altura destas? Vais ser livre contra o Benfica e falta um minuto para o intervalo.
 — Olha, foi à trave.
 — De qualquer maneira, o Moreira estava lá.
 — Tudo para as cabinas!
 — Como é que acham que vamos jogar na segunda parte?
 — Eu tirava o Éder, que deve estar abananado, e o Petit, que já tem um amarelo.
 — E metias quem?
 — Como é central metia o Hélder a defesa-direito e punha o Ednilson no meio.
 — Isso é mariquice. Só temos um amarelo, o Benfica está a jogar bem e a controlar o jogo, temos um a mais. Eu só tirava o Drulovic e metia o Mantorras.
 — O que é que está ali a fazer o Miguel?
 — Qual Miguel?
 — O nosso Miguel.
 — Quem?
 — O Miguel, caramba!
 — É porque defende bem. Contra o Moreirense entrou e defendeu muito bem.
 — Mas vamos jogar à defesa?
 — Vamos jogar em contenção a ver o que dá.
— Quem é que terá dado o apito ao Paulo Costa? O homem não pára de apitar.
 — O Deco parece o João Pinto a atirar-se para o chão.
— Olha o Tiago a passar por eles todos...
 Ouvem-se aplausos.
 — ...como é que me falhou um golo destes?!
 — O Porto não joga nada. Se não fosse o proteccionismo do árbitro...
 — Disseste «proteccionismo»?
 — Sim. Parece-te exagerado?
 — Não sei o que me parece.
 — Pronto, lá vai o Éder levar um amarelo.
 — Agora é que era de o tirar e adaptar o Hélder a defesa-direito.
 — Estamos com um a mais e parece que estamos com um a menos.
— Nós temos um a mais mas eles têm o Paulo Costa. As coisas até estão desequilibradas.
— Isso é facciosismo.
 — Mas que grande defesa do Moreira.
 — É como eu digo, não é por causa do guarda-redes que o Benfica não chegou aqui com 18 pontinhos.
— Mas que desarme limpinho do Petit!
 — Limpinho na tua opinião, o Paulo Costa marcou falta contra o Benfica.
— Isto está a ser científico.
— Olha, o Deco tropeçou sozinho, está mesmo em má forma.
 — Sozinho na tua opinião. Acaba de ser marcada a 79.ª falta contra o Benfica.
— Três cartões amarelos para jogadores do Benfica em dois minutos.
— Olha, lá se atirou o Deco outra vez para o chão.
 — E lá vai o Éder para a rua!
— Pronto, o árbitro já pode descansar.
 — Isso é o que tu julgas.
 — O Moreira está mal colocado.
 — Um autogolo, uma frangalhada, um Paulo Costa, é de mais.
 — O Moreira não é guarda-redes para o Benfica.
 — Mas com o Moreirense safou-nos.
— Sofremos o segundo golo duma falta que não existiu e ficámos sem um jogador.
— Eu sempre disse que esse Durão Barroso não mandava nada.
 — A culpa é do Roger.
 — Quando o Roger saiu estava 1-1.
 — Agora foi o João Manuel Pinto que levou um amarelo.
 — Não há amarelos para os jogadores do Porto?
 — Só depois de mais um jogador do Benfica ser expulso.
 — O Miguel levou amarelo.
 — Mas está a jogar?
 — Não, está a falar.
 — E agora levou vermelho.
 — Eu não disse?
 — Nem contra nove o Porto joga alguma coisa.
 — Amarelo para o Simão.
 — Isto não acaba?
— Pelas minhas contas o Paulo Costa vai dar um cartão amarelo a um jogador do Porto nos próximos dois minutos.
— Vamos todos contar em coro os segundos?
— 1, 2, 3, 4 ... 117, 118, 119, 120 segundos...
 — ... e amarelo para o Costinha! Bestial!
Ouvem-se aplausos.
— Isto é mais do que científico! Só falta mesmo o fogo-de-artifício na Ribeira!
— O Mantorras devia ter entrado mais cedo.
 — Se tivesse entrado mais cedo a esta hora já estava na rua.
 — Antigamente podia-se vetar árbitros.
 — Mas temos de viver do presente. E ainda hoje ganhámos por 11-0 em futsal a uma equipa de que não me consigo lembrar do nome.
 Ouvem-se aplausos.
 — A falta que faz o Zahovic!
 — Lá se atirou outra vez o Deco para o chão.
 — Mas agora o Paulo Costa não foi na fita. Ah, grande Colina!
 — Também só faltam dois minutos para o fim do jogo.
 — Quanto tempo de compensação é que acham que vai haver?
 — Se o jogo estivesse empatado para aí uns 9 minutos, estando o Porto a ganhar para aí uns 3 minutos.
 — Não, o Paulo Costa não tem lata de dar 3 minutos. Vai dar 5 minutos!
 — Vai dar 4 minutos. Quatro minutos é que é fino!
 — Quem é que vota em 4 minutos?
 Ouvem-se muitas vozes: «Eu!», «eu!», «eu!»
 — Lá está a placa com o tempo...
 — Quatro minutos!
 Ouvem-se aplausos.
 — Acho uma grande injustiça se os jornais amanhã disserem que foi o Deco que levou o Porto ao colo.
 — Acabou.
 — Vamos mas é dar uma grande salva de palmas à nossa equipa de futsal e ao seu treinador, senhor Alípio Matos, que deu 11-0 hoje à tarde. E marcámos 7 golos em 11 minutos!
 Ouvem-se aplausos e barulho de cadeiras a arrastar no chão.
 Fim da gravação.
Leonor Pinhão in "A Bola" 24.10.2002




OS BATOTEIROS





Um roubava nos anos 30, Al Capone.
O outro rouba à 30 anos, Pinto da Costa!



Sem  CORRUPÇÃO o PORTO não  é  CAMPEÃO  ..




Jacinto Paixão + Futebol Corrupção do Porto









Apito Dourado: Árbitro Rui Silva e auxiliares lamentam suspensão de 20
meses
O árbitro Rui Silva e os auxiliares Bruno Pereira e
Nuno Fraguito lamentaram hoje a suspensão de 20 meses confirmada
pelo Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, no âmbito do
processo Apito Dourado.



e sempre a Roubar






Mas e incrível a ser verdade!
O prémio vindo do norte está dado.
Mesmo que não vá arbitrar a final, rumor dito na Antena 1, já esta concedido o desejo.
Há um senão… depois de ter sido tornado público cedo demais, provavelmente a mando dos mesmos que lhe concederam o desejo, poderá não ir. Uma nomeação destas gera sempre polémica tendo em conta os inúmeros Roubos ao nosso clube desde que começou na arbitragem.
Este ano como exemplo mais recente… Sem ele duvido que a mafia conseguisse ser campeã!
Para o ano já está dado o mote! Quem prejudicar o Benfica tem direito a excelentes prémios!
De certeza que não há ninguém disposto a partir pernas aos senhores árbitros que são claramente o ponto decisivo no futebol português?
Tal como o nosso país também o futebol precisa de uma revolução com sangue.
Eu proponho partir algo a estes corruptos sem escrúpulos, vaidosos e prepotentes!
Quando virem um, por favor, façam algo interessante pelo país mas acima de tudo pela verdade desportiva!

Com este senhor Proença foram vários os jogos decisivos em que ele nos tirou pontos com penalties, expulsões e fora do jogo a favor do adversário.

Os próximos dias vão dizer o que vai ganhar o Proença. Será um telefonema da Uefa a dar-lhe a final ou um outro do Bimbo da Crosta a dizer que infelizmente alguém pôs a boca no trombone cedo demais e daria muito nas vista a nomeação!
O poder nas mãos malignas é muito mau. Um dia espero que a historia retrate este cabrão do norte como a doninha mais fedorenta do mundo do futebol. Tal como Hitler era um estratega muito inteligente este filho de uma puta é igual. Só lá vai morto e enterrado!

Saudações Benfiquistas!



Escuta Antero Henrique e o Pinto da Costa




SEMPRE ENFRENTE ATE A MADALENA .....





Vai começar o circo!!!










Assim se ganham campeonatos!
Acordem a Sul e vejam as diferenças.
Há duas leis da arbitragem neste país, uma aqui no Norte e outra aí em baixo no sul.
Infelizmente enquanto o meu Benfica for governado por gente séria não vai a lado nenhum por muito que nos custe. Para se ser campeão em Portugal é necessário ser mafioso!

                                             


 O BENFICA E A NOSSA BANDEIRA


Mas sempre foram 30 anos de batota desportiva... uma vergonha -ainda  este ano desportivo não terminou ,é pelos vistos, a "fruta fraudulenta " estará estragada ou os "envelopes azuis" não estarão bem recheados ,ou estarão basta investigar o Estoril ,o Marítimo e os fiscais de linha   do arbitro pedro Proença. ...

vergonhoso desporto em Portugal  que só vive da batota de um clube a norte corrupto ,mafioso e batoteiro ..



por karlos

sábado, 11 de maio de 2013

FORÇAAAAA BENFICAAAA !... SLB. SLB. SLB .

 
SEMPRE BENFICA
 
 
 
                                    
  E hoje benficaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...



                                     FORÇAAAAAAAAAA BENFICAAAAAAA





E Vós, Óh Rapazes do Manto Sagrado
Honrai Agora os Ases
Que Nos Honraram o Passado
 
 
Carregaaaaaaa Benficaaaaaaaaaaaaaaa
 
 
Logo à noite, neste sábado, pelas 20.30 horas, o Benfica está a menos de duas horas da conquista do 79.º Campeonato Nacional. Que o Bem vença o Mal.
 
Vitória, empate e ….
Com a aproximação do final de temporada chegou a época das decisões. É verdade que o "Glorioso" ainda não ganhou nada, mas também é impossível poder ter ganho alguma coisa! Quanto a finais elas estão marcadas para meados de Maio (15 para a Liga Europa, 25 para a Liga dos Campeões e 26 para a Taça de Portugal). Estamos lá: na Liga Europa e Taça de Portugal. Ou seja, podemos vencê-las. Se estivéssemos eliminados de certeza que não as vencíamos. No campeonato estamos na frente. Já podia estar conquistado? Já! Mas era praticamente impossível. Recordemos que em 2004/05 e 2009/10 só "deixaram" ganhá-lo na última jornada. Dificilmente não vai ser assim esta época. Colocam sempre um outro clube a "morder as canelas". Apesar de jogarmos mais, muito mais que os 2.ºs classificados dessas temporadas. Enquanto houver "sistema" que transforme o futebol português numa espécie de futebol, o "Futeluso", vai ser assim!
Podemos vencer o FC Porto, alargar a vantagem para cinco pontos, e o campeonato é nosso. Será o 33.º título em 79 edições. Será difícil, mas temos futebol para isso!
Podemos empatar no terreno do FC Porto, manter os dois pontos de avanço e resolver na "Catedral", frente ao Moreirense FC o "assunto" do título!
Em caso de insucesso, só na última jornada o título ficará resolvido. O "Glorioso" vai ser superior ao FC Porto. Era de uma injustiça tremenda o FCP sagrar-se campeão. Até vergonhoso!
 
 
aqui:http://em-defesa-do-benfica.blogspot.pt/

NOS SO QUEREMOS O BENFICA CAMPEÃO


por: karlos

 

terça-feira, 7 de maio de 2013

A grandeza do S.L.Benfica

 

António Melo: Texto do meu filho Daniel


Não resisto a enviar-vos um texto que o meu filho Daniel escreveu e me mandou de Belo Horizonte no Brasil, onde está a estudar e trabalhar. Talvez vos dê a força que me deu a mim. 
(António Melo, in Master Groove)

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Daniel Melo
Data: 7 de Maio de 2013
Assunto: BENFICA
Para: António Melo 




Pai, ontem empatámos. Ia desmaiando. Eu sei que vamos ser campeões. Eu sei. Porque simplesmente merecemos. Por isso, escreverei um texto daquilo que sinto, senti e sempre sentirei pelo Benfica. Podes mostrar a quem quiseres. Tens poder até para fazê-lo chegar aos grandes quadros do Benfica e até jogadores. Pois aqui vai:

Estou a mais de 8 mil quilómetros da minha cidade natal. Mas nem por isso deixo de estar Contigo. Penso em Ti a toda a hora. Sou louco por Ti. Por Ti vivo cada minuto da minha vida. Eu sei que vais vencer. Foste fadado a isso. Tu, oh grande Sport Lisboa e Benfica, estás destinado a grandes e maravilhosos feitos. Como dizia Spartacus: ''os combates não se ganham pela força, mas pela vontade e inteligência''. E é isso que tens de fazer, Benfica. Tem coragem. Tem vontade. Tudo se concretizará se acreditares. E eu acredito. Oh, como acredito em Ti. Tem coragem. Nunca estarás sozinho. Tens em Ti todos os sonhos do mundo (Fernando Pessoa), não trazidos por uma qualquer obra do acaso, mas por uma barco que de sonhos é tecido. E tens também a força de milhões que Te apoiam, de loucos que choram e gritam por Ti. Se estivermos unidos, nada nos derrubará. Tu, Benfica, nunca estarás sozinho! 

Como eu gostaria de ver, tocar e sentir todas as coisas deste Mundo... por isso um grupo de seres humanos maravilhosos fundou esta gloriosa Instituição. Tu és tudo o que quero. O cume do ideal. E da vontade de ser feliz. Serei capaz de Te amar mil anos; e mais mil anos outra vez se for preciso. Segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos, séculos, milénios. Serás sempre nosso. E se jogasses no céu neste momento, eu morreria só para Te ver jogar. E saberia que estava no paraíso, pois estavas lá. Contigo eu tenho múltiplos orgasmos e atinjo o clímax consecutivamente. Podem-se rir. Eu não me importo. 
E sabes, oh grandioso, como se dizia fã incondicional em latim? Era adepto. Tal como se diz hoje na nossa maravilhosa língua. E Pluribus Unum Ad Infinitum. Todos por um, até ao infinito. Todos por este ideal chamado Benfica. 

Não fui eu que escolhi o Benfica. Não somos nós que o elegemos. O Benfica é que nos escolhe a nós. E é assim que a águia vem parar ao nosso peito. E todos e cada um somos privilegiados por pertencer a este clube maravilhoso. Clube do povo. Dos trabalhadores. Daqueles que nada têm a não ser a força do seu trabalho. Por isso estás destinado a vencer. Para dares alegrias aqueles que já pouco possuem. Como tal, eu digo e afirmo: tenho orgulho em pertencer à maior Associação Desportiva do mundo. Eu tenho orgulho em ser SPORT LISBOA E BENFICA, meu perpétuo, indefectível e incondicional amor.

Passa a mensagem. Faz esta merda chegar a alguém. Só quero ser campeão...

Beijos, amo-te
 
 
Aqui:http://mastergroove2010.blogspot.pt/2013/05/antonio-melo-texto-do-meu-filho-daniel.HTML
 
Obrigado, Companheiro,por este teu exemplo de Benfiquismo.  
 
por: karlos

sexta-feira, 3 de maio de 2013

XAU ....XAU...BeTinho

Esta musica de seu nome Goodbye my love Goodbye de DEMIS ROUSSOS , que em português se traduz em Adeus meu Amor Adeus , não se destina para pessoas ignorantes...



Good-bye, My Lady .......... .......





Goodbye My Love
Demis Roussos
Composição: Jack Lloyd / Kevin Munro
Hear the wind sing a sad, old song
it knows I'm leaving you today
please dont cry or my heart will break
when I go on my way
Choris:
goodbye my love goodbye
goodbye and au revoir
as long as you remember me
I'll never be too far
goodbye my love goodbye
I always be true
so hold me in your dreams
till I come back to you
see the stars in the sky above
they'll shine wherever I may roam
I'll pray every lonely night
That soon they'll guide me home
Choris



por: karlos








XAU ....XAU   BeTinho ......







Adeus Estranho

Ontem de manhã, bem cedo

Eu levantei antes de alvorecer, e

Realmente, aproveitei minha paragem

Mas tenho que ir embora










                       Despedimento de Vítor Pereira é desumano


 
 
Vítor Pereira está muito próximo de deixar de ser treinador do FC Porto. Faz parte da vida de um treinador e até seria normal, se não fosse desumano.

Vítor Pereira não utiliza o Lobo Frontal vai para dois anos. O desemprego significa, no seu caso, o começo de um longo e penoso processo de terapia na tentativa de recuperar a capacidade de utilização dessa zona específica do cérebro, associada à articulação da fala e pensamento.

Felizmente a sua articulação temporomandibular encontra-se em excelente forma. Do mal o menos.



aqui: http://www.anti-benfica.com/__blog_artigo.php?id=6881

por: karlos