sexta-feira, 8 de novembro de 2013

para além das mentes


 Só para os que tem memoria curta ! sim se faz xavor ..


                                               Grande influência exerce a linguagem escrita ...

                                                                    basta ver isto


                                                                 

                                 como certos iluminados da escrita verde e azul são daltónicos

                                                   é isto

                                                                 A falta de Vukcevic




 isto é [foras de jogo] tudo tem passado em claro pelos ilustres jornalistas avençados da escrita e das  TV ...










A estratégia do silêncio

 8 de Novembro de 2013  Partilhar no Facebebook


1. A cada dia que passa mais nos convencemos de que a democracia restabelecida com o 25 de Abril começa a estar cada vez mais distante daquilo que os seus mentores idealizaram. Embora de forma aparente tudo se mantenha para os menos atentos aos sinais, as comparações com o passado começam, nalguns casos, a ser evidentes. Em todos os sectores, emerge uma nova vaga de candidatos a aprendizes de ditadores que surgem à luz do dia de forma capciosa tentando marcar o seu território. Como lhes falta a imaginação e coragem não sabem o que é, evocam frequentemente os poderes externos que nos tutelam para implementar directrizes com sentido único no protectorado. Pétain não faria melhor…

2. O despudor chegou a tal ponto que de forma quase diária são instruídos a aplicar receitas que colidem com a nossa Lei Fundamental como se a mesma tivesse sido suspensa e fôssemos convidados a entrar por caminhos que configuram ditaduras de trazer por casa para destruir tudo o que de importante foi feito. E ridículo dos ridículos, não são as leis e as medidas que têm de respeitar a Constituição mas o contrário! Porque senão vem aí o fugitivo de Bruxelas e piores males acontecerão. Resta acrescentar que, dando uma imagem futebolística, o nosso guardião vai facilitando e deixar entrar golos ao ponto de neste momento já estarmos a ser goleados…

3. Face à bagunça que grassa, as leis não estão a ser ser aplicadas uniformemente no território nacional. Há zonas e locais e sobretudo situações em que vigora a lei da rolha ou se quisermos a lei do quero, posso e mando. Uma delas  A Oeste de Pecos para usarmos uma analogia feliz do jornalista Afonso de Melo, parecem demonstrar que as leis há muito foram adaptadas à especificidade da zona e dos beneficiários e, mais grave do que isso, a profusão de episódios dá a entender que se está a extender gradualmente à totalidade do território. Mas, bem entendido, esses previlégios só estão reservados a uma determinada casta que actua impunemente onde quer que se desloque.

4. O que em tempos foram indícios hoje são certezas. As coincidências há muito deixaram de o ser para se tornarem em realidades incontornáveis. Apesar de por norma serem acompanhadas por um manto de silêncio como convém aos prevaricadores, vai-se sabendo ainda que de forma tímida e incompleta dado que é inconcebível que os profissionais da imprensa que deveriam unir-se na denúncia de todos esses atropelos à liberdade e à livre circulação, sofram agressões verbais e físicas mantendo-se silenciosos como se estivessem paralisados e conformados com as regras do jogo.

5. A liberdade é um dos bens mais preciosos que o ser humano pode ter e como tudo só lhe damos valor quando dela não usufruímos. Pode ser, todavia, um instrumento poderoso para os ditadores em potência e para todos aqueles em que os escrúpulos é coisa vã, que se aproveitam dela para alcançar os seus pérfidos desígnios, em particular coartar a liberdade dos outros. Alguns magníficos exemplares estão a emergir da penumbra e a despeito da barreira restrictiva para iludir as suas diatribes, aqui e ali vão transpirando pequenos detalhes que ajudam a compreender melhor o que se vai passando 

6. Um dos descendentes do tristemente célebre guarda Abel parece ser neste momento o homem de maior sucesso. Referimos-nos a Rui Cerqueira com as funções oficiais de Director de Comunicação do FêCêPê que a avaliar pelas constantes ofensivas parece estar a levar muito a sério as suas tarefas abrangentes. Aliás, um dos segredos da estrutura de sonho é o facto das pessoas serem polivalentes, desempenhando com esmero e dedicação várias tarefas em simultâneo. Nélson Puga que desempenha oficialmente as funções de médico, é outro desses profissionais multifacetados que contra o Zénit se distraiu, pensou que o árbitro era português e acabou expulso. 

7. A estrutura de sonho está a tornar-se agressiva e por onde quer que passe deixa a marca do Dragão. Foi ultimamente em Setúbal, foi no Estoril, foi no Restelo, amanhã será noutro lugar qualquer. Isto fora as tradicionais e já habituais recepções de boas vindas no Dragão… E a prova definitiva que a democracia foi suspensa A Oeste de Pecos foi que na deslocação do Sporting ao Dragão o seu Presidente foi aconselhado a não se reunir com adeptos porque a sua segurança poderia perigar. Mas afinal para que serve uma Polícia que não consegue garantir a tranquilidade de uma simples reunião de um presidente de um clube com adeptos?


Por: k



Hoje joga o glorioso SPORT LISBOA E BENFICA




 Forçaaaaaaaa Benficaaaaa


por: k



EM DEFESA DO BENFICA

O golo marcado por Cardozo, em 1 de Novembro de 2013, na 9.ª jornada, aos 33':08'' do jogo entre a equipa da Associação Académica de Coimbra - Organismo Autónomo de Futebol e o "Glorioso" SL Benfica permitiu ao goleador com o "Manto Sagrado" atingir os 110 golos marcados no Campeonato Nacional, ultrapassando Custódio Pinto que conseguiu 109 golos. É, para já, o 35.º melhor marcador de sempre no campeonato nacional, ex-aequo com Correia Dias. Um registo notável que merece destaque no EDB, assim como todos as outras “futuras ultrapassagens”.

Cardozo faz parte de um restrito grupo
Em 80 edições - 79 concluídas - do campeonato nacional foram muito poucos os que ultrapassaram a centena de golos. O EDB evocará o(s) feito(s) de Cardozo recolocando-o entre os melhores, actualizando os seus valores e homenageando – independentemente do clube representado - o goleador “ultrapassado” por Cardozo, pois todos eles estão entre os melhores avançados que passaram pelos campos de futebol em Portugal e (alguns) no Mundo.

Vários craques na mira
Com 110 golos, nesta edição do campeonato nacional – o mais importante (e fundamental) é o “Glorioso” conquistar o 33.º título - mas a nível individual estão ao seu alcance vários nomes consagrados no futebol português: Correia Dias, Edmilson, Manuel António, Figueiredo, Francisco Rodrigues, Liedson, João Pinto, Iaúca, Albano, Patalino, Rui Águas e Araújo.

MELHORES MARCADORES CAMPEONATO NACIONAL Esta listagem pode não estar completa. São pelo menos 43, mas podem ser mais a marcar, pelo menos, 100 golos. Para elaborar este quadro, utilizei a recolha do jornal Record, corrigi os erros no número de golos (em relação aos futebolistas do Benfica), indexei os golos por clube (para quem tenha marcado por mais de um emblema) e acrescentei os nomes de Francisco Rodrigues e Cavém (que não constavam da lista "trapalhona" do "Record"). Acrescentei ainda mais dois nomes: Edmilson (112 golos) e Gaúcho (103 golos) por informação do portal zerozero.pt, mas tenho muitas reservas quanto à informação estatística deste portal. Só que enquanto não pegar na papelada que tenho com todos os golos nas 80 edições do campeonato nacional e fazer as contas não resta alternativa se não aceitar.



Podem estar «descansados»…
… que o EDB assinalará, devidamente, cada ultrapassagem, comparando as cifras e médias de Cardozo com cada um desses goleadores. A próxima paragem é aos 111 golos (falta um) na ultrapassagem ao portista de Ovar Correia Dias (110 golos, entre 1941/42 e 1948/49, no FC Porto). Os leitores do EDB serão informados na “hora exacta”. Depois seguem-se paragens aos 113, 114, 115 (serão dois), 117, 118 (serão mais dois), 119 e 122 (outros dois). Como se percebe em fila indiana. Chegar aos 132 (ultrapassando Jesus Correia) será mais difícil. Talvez… na próxima época! Em 2014/15! Vamos estar atentos! Até aos golos legais que lhe vão anular.

 Aperta com eles…Cardozo

obrigado sr   Alberto Miguéns

aqui:http://em-defesa-do-benfica.blogspot.pt/

por:k



segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Os gatunos em Portugal são como os camaleões ...


 ui e ninguem diz nada ! COMO E PORRRAAAA pra tanto ROUBOOOOOO.


SR arbitro SR arbitro isto nao foi na MADALENA  foi um roubo de SANTUARIO no WC do lumiar como o HUGO MIGUEL sabe fazer ao SPORT LISBOA E BENFICA..





até metem nojo, roubar à descarada, podiam ter-se esforçado para fazerem um jogo limpo, enfim, nada de surpreendente com gente como esta no futebol ...


SIMPLESMENTE VERGONHOSO!.........  VERGONHOSO!.. .....VERGONHOSO...



                                    
                                                  MAIS UM FRETE AO SISTEMA ...


Árbitro: Hugo Miguel ( AF Lisboa )



Árbitros Assistentes: Nuno Pereira * Hernâni Fernandes
 
 
Árbitro (4.º): Duarte Gomes
 
 
Observador: Humberto Gonçalves
 
 
Delegados: Baptista Rodrigues * Ana Santos
 
 

vale tudo contra o Benfica ate com a mão dentro da grande área ....





  A LIGA PORTUGUESA " HUGO MIGUEL"     E UMA BATOTAAAAAA..

                                  

 
 
VERGONHOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSOO
 
 
 
A LIGA HUGO MIGUEL E DURA E DURA E DURA E DURA
 
 
 
 
 
 
Árbitro: Hugo Miguel ( AF Lisboa )
 
                                         continua a roubalheira ao Benfica...

 
 
 
 

Setembro de 2013


Parece haver alguma consensualidade na justeza do resultado de ontem do derby. O Sporting moralizado pelos resultados anteriores, apoiado pelo seu público que encheu Alvalade e pelo facto de ter pela frente o Benfica, demonstrou enorme empenho e contrabalançou a menor valia dos seus jogadores jogando com entreajuda e assumindo-se como um colectivo onde nesse particular suplantou os encarnados, e estes, através de rasgos individuais, criaram perigo e oportunidades suficientes para terem vencido o jogo. Tudo somado o empate acaba por ser salomónico para os dois conjuntos. Independentemente de todas as nuances ocorridas.

As lesões em três jogadores nucleares condicionaram toda a estratégia do conjunto de Jorge Jesus e a ter de fazer substituições que provavelmente não contava vir a fazer. Mas isso foram apenas incidências do próprio jogo e nas quais o Sporting passou ao lado. Sem que queiramos fazer disto um cavalo de batalha, o jogo, como afinal todos os derbies, teve vários erros de arbitragem. No último derby na Luz, como estamos todos recordados, houve um autêntico alarido público (imprensa incluída) durante semanas relativamente à arbitragem de João Capela que foi acusado de ter influenciado o resultado final. Até se juntaram ao coro de indignados os mensageiros daquele clube que nunca foi e jamais será favorecido pelas arbitragens.

Compreendemos que quando o clube interveniente se sente prejudicado deve manifestar-se. Mas quem viu o derby de ontem não pode em consciência escamotear que a equipa de arbitragem teve influência no resultado, a despeito do Sporting ter jogado melhor como equipa em certos períodos e ter 'a seu favor todas as estatísticas excepto as das faltas'… Mas, quem olhou para a imprensa de hoje e leu a apreciação ao trabalho da arbitragem viu, com surpresa, que afinal, o único e grande erro de Hugo Miguel terá sido o facto de não ter expulso Maxi Pereira o que só não terá acontecido porque a sua preocupação foi a de favorecer o espectáculo… E, nessa linha de coerência, teve nota positiva quando a arbitragem sancionou o fora-de-jogo de que acabaria por resultar o golo leonino e perdou uma gravata de largos segundos de Maurício a Cardozo em plena área de rigor. Mas como se afectou o desfecho final?

Dirão os habituais branqueadores (obviamente consoante os clubes envolvidos) e os eternos defensores da confraria arbitral para justificarem as suas teses dualistas que no lance do golo, o fora-de-jogo foi milimétrico e que na jogada sobre Cardozo era complicado descortinar a ilegalidade cometida. Ou, como afirmou um ex-defesa leonino que fez o circuito dos três grandes que daqueles lances há dezenas e se o árbitro assinalasse todas as infracções haveria 20 penalties por jogo. Descodificando a sua linha de pensamento, afinal a arbitragem vê (pelo menos a maior parte) mas ignora para não estar sempre a marcar grandes penalidades…

É naturalmente uma forma redutora de abordar esta temática. Todos sabemos que em particular em lances de bola parada acontecem com frequência puxões, empurrões e agarrões entre os jogadores das duas equipas. Ah, e os bloqueios ofensivos como alertou Leonardo Jardim numa perfeita imitação do seu colega Vítor Pereira. A tal ponto que por vezes o árbitro tem que intervir para lhe pôr cobro. O que significa que os observa e logo deveriam ser assinalados. Abstraindo de quem sejam os jogadores ou clube afectados. Porque perfilhando a teoria do ex-jogador e continuando a ignorar as maiores evidências (como a de ontem) dentro da grande e pequena área, isso implica um incentivo por omissão aos jogadores (sobretudo os que estão a defender) a continuarem a praticar ilegalidades cada vez mais. E a adulterar a verdade dos jogos. Está pois na altura de a arbitragem olhar para esta questão de uma forma mais rigorosa. Doa a quem doer.

Puxamos isto à colação para sublinhar a dualidade de abordagem das questões de arbitragem, sobretudo da imprensa tida como independente que não ignora nem pode ignorar a influência que exerce na grande legião de adeptos dos clubes. E já agora também um pouco de clarividência. Maxi Pereira sempre teve o mesmo estilo de jogar – impetuoso mas sem revelar maldade. E por isso desde muito cedo ficou marcado pelos adeptos dos clubes rivais e por alguns árbitros. Neste momento, por razões compreensíveis, parece apresentar um défice de condição física que o leva, por vezes a chegar atrasado a determinados lances e a cometer faltas dando origem a lances espalhafatosos. Como o de ontem. Mas Maxi, apesar do aparato da queda do jogador leonino, acertou primeiro na bola o que revela a sua intenção. Esta é uma diferença importante e que terá justificado apenas o cartão amarelo. Embora, como sempre, prevaleça a apreciação do árbitro.


aqui:
http://www.anti-benfica.com/artigos-opiniao/artigosopiniao-artigo.php?id=327


 



 

quinta-feira, 13 de junho de 2013

QUEREM SILENCIAR A BENFICA TV


OS BENFIQUISTAS ,JAMAIS PERMITIRÃO, TAL FATO .

FORÇAAAAAAAA BENFICA TV ..





O SL Benfica lançou um comunicado no seu site oficial...





O deputado do PS, Manuel Seabra, falou ao programa da Benfica TV, "Lanças Apontadas" sobre o facto de cada uma das principais empresas que operam na televisão por cabo em Portugal, PT e Zon, entrarem com 25% nos capitais da Sport TV. Esta questão foi levantada na Comissão de Ética da Assembleia da República.

"O que se passa é, o que se usa em linguagem popular, de‘chico espertismo’ vindo da Controlinveste ou da Olivedesportos. Ver associada a esta manobra, empresas como a PT e a Zon parece-me mais crítico", começou por introduzir.

E não deixou de elucidar: "O que sucede é que em 2007 a PT foi obrigada a vender parte do negócio para poder haver concorrência no mercado, e vendeu à Zon. Agora somos confrontados com a entrada da PT no capital da Sport TV através da venda de 25% da participação da Zon. Este acordo faz com que a PT e a Zon sejam, de novo, sócias uma da outra e passem a actuar em regime de monopólio. Isto gera um enorme problema e este cresce, porque uma das cláusulas do acordo da entrada da PT na Sport TV é a exclusão da possibilidade de qualquer conteúdo que concorra com a Sport TV. A PT e a Zon, juntas, detêm mais de 90% da distribuição da TV por cabo em Portugal. Aliaram-se ao grupo comandado por Joaquim Oliveira para excluir a possibilidade de qualquer outro operador, nomeadamente a Benfica TV, lá colocar os seus jogos. Estamos a falar dos jogos do Benfica em casa e os da Premier League. Isto significa que a Benfica TV fica sem plataforma para divulgar os seus conteúdos."

Manuel Seabra revelou ainda quais serão os próximos passos a tomar neste processo. "Pedimos a audição da Sport TV, da PT e da Zon, em sede de Comissão Parlamentar, para nos elucidarem sobre este tema. Vamos ainda ouvir a Autoridade da Concorrência em fase de decisão. Soube ainda que a Liga de Clubes também quer ser ouvida neste processo, porque também é prejudicada", esclareceu.

Incompreensivelmente a desinformação continua e parece que a imprensa nacional não está muito interessada em expor este caso ao público em geral... o silêncio continua a ser total!

Veremos quem vence esta guerra dos direitos televisivos do futebol, mas uma coisa vos garanto, estão a menosprezar a força dos milhões de adeptos do SL Benfica... o povo é quem mais ordena e os adeptos benfiquistas estão há muito tempo anestesiados a ver o 'sistema' manipular e corromper tudo e todos... os jogos do Benfica na Benfica TV é um sonho de todos os benfiquistas e esta guerra ainda agora está no início... observem a nossa força, ninguém nos conseguirá parar!

A direcção encarnada só tem de fazer a sua parte, ou seja, manter-se fiel ás promessas eleitorais das últimas eleições e cumprir a promessa das transmissões televisivas dos jogos em casa do SL Benfica na Benfica TV, o resto, os adeptos encarnados irão demonstrar a sua força nesta sociedade portuguesa corrompida e moverão montanhas se assim for necessário para repor, no mínimo, os direitos de igualdade... não brinquem connosco... E PLURIBUS UNUM!

mais um texto de um grande,GRANDE  Benfiquista ..


aqui:http://aspapoilasdobiscaia.blogspot.pt/


Biscai@ As Papoilas do Biscaia





                   


                                 Manuel Seabra

comunicado do S.L.Benfica


13-06-2013 12:31
Benfica TV pode sair prejudicada
Manuel Seabra fala sobre entrada da PT e Zon no capital da Sport TV
O deputado do PS, Manuel Seabra, falou ao programa da Benfica TV, “Lanças Apontadas” sobre o facto de cada uma das principais empresas que operam na televisão por cabo em Portugal, PT e Zon, entrarem com 25% nos capitais da Sport TV. Esta questão foi levantada na Comissão de Ética da Assembleia da República.

“O que se passa é, o que se usa em linguagem popular, de‘chico espertismo’ vindo da Controlinveste ou da Olivedesportos. Ver associada a esta manobra, empresas como a PT e a Zon parece-me mais crítico”, começou por introduzir.

E não deixou de elucidar: “O que sucede é que em 2007 a PT foi obrigada a vender parte do negócio para poder haver concorrência no mercado, e vendeu à Zon. Agora somos confrontados com a entrada da PT no capital da Sport TV através da venda de 25% da participação da Zon. Este acordo faz com que a PT e a Zon sejam, de novo, sócias uma da outra e passem a actuar em regime de monopólio. Isto gera um enorme problema e este cresce, porque uma das cláusulas do acordo da entrada da PT na Sport TV é a exclusão da possibilidade de qualquer conteúdo que concorra com a Sport TV. A PT e a Zon, juntas, detêm mais de 90% da distribuição da TV por cabo em Portugal. Aliaram-se ao grupo comandado por Joaquim Oliveira para excluir a possibilidade de qualquer outro operador, nomeadamente a Benfica TV, lá colocar os seus jogos. Estamos a falar dos jogos do Benfica em casa e os da Premier League. Isto significa que a Benfica TV fica sem plataforma para divulgar os seus conteúdos.”

Manuel Seabra revelou ainda quais serão os próximos passos a tomar neste processo. “Pedimos a audição da Sport TV, da PT e da Zon, em sede de Comissão Parlamentar, para nos elucidarem sobre este tema. Vamos ainda ouvir a Autoridade da Concorrência em fase de decisão. Soube ainda que a Liga de Clubes também quer ser ouvida neste processo, porque também é prejudicada”, esclareceu.




por: karlos




 
 

domingo, 26 de maio de 2013

OS BATOTEIROS E OS FISCAIS DE LINHA BESGOS

Recomendo à direção da FPF e da LPFP; façam aplicar a lei, dentro e fora das quatro linhas, igual para todos, sem dó nem piedade, e não nos atirem "areia para os olhos"!
"Sabemos" onde está a incompetência e a cumplicidade e a mafia azul.




A incompetência compensa. Pelo menos no sector da arbitragem em Portugal e verdade.



Arbitragem de Jorge de Sousa HOJE NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL



Uma VERGONHAAAAAAAAAAA VERGONHAAAAAAAAAAAAAAA

Jorge Sousa, um árbitro do Porto
Reza a lenda que o árbitro Jorge Sousa foi membro dos Super-Dragões. Não sei se o boato começou porque alguém testemunhou a sua presença na claque ou porque, nos jogos que arbitra, Jorge Sousa parece mais portista que o Jorge Nuno.

 falseou a Vitória do VITÓRIA de GUIMARÃES contra o BENFICA



O árbitro Jorge Sousa, do Porto, foi nomeado para dirigir a final da Taça de Portugal, entre Benfica e Vitória de Guimarães, no domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol.
Jorge Sousa, de 37 anos, fará a sua estreia em finais da Taça de Portugal, numa carreira em que contabiliza mais de 1.500 jogos dos vários escalões.
No Estádio Nacional, o árbitro da associação de futebol do Porto estará acompanhado pelos assistentes Bertino Miranda (Porto) e Álvaro Mesquita (Vila Real), enquanto Bruno Esteves (Setúbal) será o quarto árbitro.



SPORT LISBOA E BENFICA -1 VITORIA FUTEBOL CLUB - 2




SO QUE O 1º GOLO E PRECEDIDO DE FORA DE JOGO CLARISSIMO ...

 Um jogador encontra-se em posição de fora-de-jogo se:
estiver mais perto da linha de baliza adversária do que a bola e o penúltimo adversário
Um jogador não se encontra em posição de fora-de-jogo se:
estiver no seu próprio meio campo ou
estiver em linha com o penúltimo adversário ou
estiver em linha com os dois últimos adversários



 FOI MESMO UM ROUBO DE CATEDRAL AZUL NO JAMOR ....



Mas isto não e a primeira vez .

NÃO !....SENHOR   NÃO E A PRIMEIRA VEZ




                                                      
                                            JORGE SOUSA, O ÁRBITRO DO SISTEMA


Roubados: “Sempre em prejuízo do Benfica”

IGA SAGRES : BENFICA ROUBADO POR JORGE SOUSA UM ARBITRO SUPER DRAGÃO


CONTINUA  A BATOTA E OS BATOTEIROS A ROUBAREM O BENFICA.


No lance do primeiro golo adversário do Benfica o vitória de Guimarães  (mesmo tendo sido obtido em fora-de-jogo para mim na banheira o do MINHO) toda a gente no mundo véu menos o socio dos super ladrões e o besgo do tal fiscal de linha ...pois se o mesmo golo  fosse ao contrario [ Benfica] ainda agora o rui tinha um ataque de pulgas por não ser beneficiado ..
Sendo  assim foi uma vitória sensacional de um clube não batoteiro mas com batota ganhou a taça ao Benfica .
 O que fica pra historia e q o Guimarães ganhou uma taça de Portugal ao Benfica no Jamor o resto e treta mesmo que o cabeça de lado leve umas palmadas ou lhe façam esperas e lhe pintem a casa de azul.



                          Jorge Sousa, árbitro do sistema
Jorge Sousa é o conhecido ex-membro da claque do clube do norte, portista assumido.
Estejam atentos.
Eu não acredito em coincidências. A máquina corrupta está em funcionamento.



É caso para perguntar ao Conselho de Arbitragem da Federação se não chegou a ser equacionada a nomeação do próprio PEDRO  PROENÇA  para a "festa do futebol português" no Jamor ser ainda maior.



POR:K


segunda-feira, 13 de maio de 2013

A Corrupção no Futebol Português..

Mas ainda Não Terminou  ,esta muito longe do fim senão vejamos abaixo com fatos reais .....





“A Constituição americana – até hoje considerada como um dos melhores textos jurídicos jamais escritos - enumera o que os Founding Fathers chamaram de «verdades que temos como evidentes». “
Miguel Sousa Tavares, A Bola,


Aparentemente, há juristas que lêem a Constituição americana sem o cuidado que é devido a um dos melhores textos jurídicos jamais escritos. Na verdade, não é a Constituição americana que enumera aquilo a que os Founding Fathers chamaram verdades que temos como evidentes. Essas são enumeradas na Declaração de Independência, que foi escrita uma boa década antes da Constituição. É, então, na Declaração de Independência que os chamados países fundadores dos Estados Unidos expõem as verdades que consideram evidentes: que todos os homens são criados iguais, que são dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, e que entre esses direitos se contam o direito à vida, à liberdade e à busca da felicidade. Uma das verdades que não é evidente, quer para a Constituição, quer para a Declaração de Independência, é que os cidadãos tenham o direito inalienável de não serem escutados. Como é evidente, todos os cidadãos têm o direito à privacidade - mas esse direito não é absoluto. E a magnífica lei americana permite o uso das escutas como meio de investigação, assim como a lei portuguesa. Que horror! Mas não era a PIDE que também escutava? Era. Se bem me lembro, a PIDE também prendia e, apesar disso, no regime democrático há quem continue a ir preso. A diferença é simples, mas parece que é difícil de entender: a PIDE escutava e prendia arbitrária e ilegitimamente, como é próprio das polícias políticas das ditaduras; a polícia das democracias escuta e prende justificada e legitimamente, como é próprio do Estado de direito democrático. O mais intrigante, no caso das escutas do Apito Dourado, é o facto de haver discussão quando, afinal, estamos todos de acordo. Por exemplo, estou de acordo com Miguel Sousa Tavares quando, depois de José Sócrates lhe ter dito que não devíamos conhecer o conteúdo das escutas do processo Face Oculta, respondeu: “Mas conhecemos. Eu também acho que não devíamos conhecer, mas conhecemos. E, uma vez que as conhecemos, não podemos fingir que não conhecemos. Eu, pelo menos, não posso”. (http://www.youtube.com/watch?v=RlWI8t7JY6Y&t=08m07s).
E estou de acordo com Rui Moreira, quando ontem confessou aqui a razão pela qual comentou as escutas que envolviam o nome de José Sócrates: «(...) limitei-me a não ignorar o que era público, ainda que resultasse de uma ilegalidade. Ninguém se pode alhear do que é público e das suas consequências». A única diferença é que eu tenho essa opinião relativamente a todas as escutas, e não em relação a todas menos as do Apito Dourado. Também acho que não devíamos conhecer a escuta em que Pinto da Costa combina com António Araújo oferecer fruta para dormir ao JP, mas conhecemos. E, uma vez que a conhecemos, não podemos fingir que não conhecemos.
Eu, pelo menos, não posso. Quando comento a escuta em que Pinto da Costa dá indicações a um árbitro para que vá a sua casa nas vésperas de um jogo, limito-me a não ignorar o que é público, ainda que resulte de urna ilegalidade. Até porque ninguém se pode alhear do que é público e das suas consequências. Além disso, note-se, até concordo com MST quando diz que as escutas vieram a público nesta altura por causa do Porto-Benfica. O objectivo é prejudicar o Benfica: os jogadores que tiverem conhecimento das escutas ficam a saber que, por mais que se esforcem, se o árbitro estiver trabalhado não têm hipóteses de ganhar. Desmoraliza qualquer um.
Rui Moreira desfez-se em explicações para justificar que comentar umas escutas é um acto legítimo e comentar outras é uma vileza sem nome. Agora que foi despedido, talvez Rui Moreira tenha mais tempo livre para entrar num negócio que gostaria de lhe propor: formarmos um circo. Como ele já aqui tem sugerido várias vezes, eu seria, evidentemente, o palhaço. Ele seria o contorcionista. Não são muitos os artistas que se podem gabar de ter um número tão bom como o dele. A única maneira de Rui Moreira e MST comentarem uma escuta de Pinto da Costa é o presidente do Porto ser apanhado numa conversa telefónica com José Sócrates. Mesmo assim, suponho que fizessem um comentário misto, debruçando-se apenas sobre intervenções de Sócrates: “Esta intervenção de Sócrates reforça a nossa desconfiança nele. Agora temos uma parte do telefonema que não devíamos conhecer e temos nojo de quem a comenta. Agora está Sócrates novamente a fragilizar a sua credibilidade. E agora temos mais uma parte da conversa que é indigno estarmos a ouvir”.
Umas coisas são picardias maliciosas, típicas do mundo do futebol; outra, bem diferente, são ofensas. E Villas Boas ofendeu-me gravemente numa conferência de imprensa que deu esta semana. Disse que as minhas crónicas eram as únicas que gostava de ler porque eu o fazia rir. Sinceramente, creio que não merecia o insulto. Todas as semanas faço aqui o melhor que posso para provocar Villas Boas. Já recorri a tudo: sarcasmo, ironia, escárnio, simples sacanice. E Villas Boas tem a repugnante nobreza de carácter, o asqueroso desportivismo de achar graça. Para ele, se bem percebo, isto do futebol é a coisa mais importante do mundo para todos, mas no fim acaba por ser um jogo de que nos podemos rir juntos, seja qual for o nosso clube. Simplesmente infame. Exijo que passe a ter o fair-play de um Rui Moreira, que gosta muito de piadas desde que não sejam sobre ele. Obrigado.

Por Ricardo Araújo Pereira, 16 de Outubro in jornal A Bola


O “Título do FC Porto é um tributo dos árbitros!”

, João Gabriel,, onde afirma que o título de campeão nacional desta temporada foi um tributo dos árbitros ao FC Porto.

“O título de campeão deste ano é um tributo da arbitragem ao FC Porto e o convite a Pedro Proença para um repasto na marisqueira de Matosinhos  foi uma justíssima homenagem a ele e aos seus fieis vassalos azuis. A partir de um determinado momento foi evidente que o Benfica passou a ser prejudicado. É curioso que o ano passado o ataque verificou-se logo nas primeiras jornadas do Campeonato, este ano sucedeu o contrário, aconteceu tudo na parte final, mas tudo o resto foi exatamente igualmente descarado , foi tudo muito sujinho e sujinho  .




Usem esta força que vem do exterior para, contra circos, palhaços, burros, corruptos e afins, DIZER BASTA de tanta BATOTA no futebol  Português ..



Porrada forte e feio no Sporting vs FC Porto 1991-1992








A verdadeira crónica das Antas | Leonor Pinhão
Arsenal, Benfica e Real Madrid perderam os seus jogos no último fim-de-semana. Coisas que acontecem nas melhores famílias.
Como os adeptos do Arsenal e do Real Madrid suportaram as derrotas dos seus clubes é coisa que não interessa nada. Sobre a reacção dos adeptos do Benfica orgulhamo-nos de vos apresentar um documento único. Nem mais nem menos que uma gravação áudio dos comentários dum grupo de prosélitos do maior clube português enquanto assistiam, através da RTP, à transmissão em directo do jogo das Antas.
 A gravação reporta-se ao espaço medido entre o primeiro e o derradeiro apito do árbitro do encontro, o senhor Paulo Costa, do Porto. A transcrição dos comentários é fidedigna e não foi alvo de censura. A vossa atenção, portanto!
 — Quem é este tipo?
— É o Paulo Costa.
— Mas não é do Porto?
— Do Porto ou do F. C. Porto?
— Do Porto?
 — É mas isso agora não tem importância nenhuma. Os melhores árbitros para os melhores jogos, é o que deve ser.
 — Quem é este rapaz?
 — É o Éder.
— Que ideia do Jesualdo de meter o Éder, que nunca jogou num jogo destes.
— Estamos em cima deles.
 — Se o Éder ao menos soubesse centrar...
 Ouvem-se aplausos.
 — ...Golo, golo, mas que grande centro do Éder. O Tiago só teve mesmo de pentear a bola.
 — Pentear a bola?
 — É uma expressão que se usa.
— Mas que grande ideia do Jesualdo de lançar o Éder num jogo destes. É assim mesmo!
— O Porto andou atrás do Tiago mas o Veiga trouxe-o para a gente.
 — Grande Veiga!
— Olhem-me só esta entrada do Costinha sobre o Simão.
— Nem falta nem amarelo.
 — Está bem assim. É o critério do árbitro. Vai deixar jogar à bola com o mínimo de interrupções.
— O Jesualdo percebe imenso disto.
— Ena, que grande pantufada do Jorge Costa no Fehér.
 — Nem falta nem amarelo.
 — É uma arbitragem como no estrangeiro, em que os árbitros nem se vêem nem se ouvem.
— Eh pá, até parece o Colina.
— Chiça, mas o que é que o Petit fez agora para levar cartão amarelo?!
— O Costinha há bocado fez muito pior e nem sequer foi falta.
— Os árbitros também erram.
— Ah pois.
— Coitado do Fehér, está farto de levar.
— O Ricardo Rocha é o máximo.
 — Mas não é defesa-esquerdo.
 — Está bem, mas não se lembram do Marco Caneira na época passada?
 — Não, não, não deixem esse tipo centrar...
 — Olha-me só o Éder... Foi mesmo ao ângulo. 1-1, que chatice.
— Mas que ideia do Jesualdo de meter este tipo.
— Olha outra falta do Jorge Costa.
 — Agora vai mesmo levar amarelo.
 Ouvem-se aplausos.
 — Um a um no marcador e um a um em cartões amarelos.
 — Ah Petit que ias marcando...
— Ah Fehér que ias marcando.
 — Só não marcou porque está politraumatizado da pancada que tem levado.
— Já podíamos ter isto resolvido.
 — Isto sem o Zahovic é outra louça.
 — Vai Simão, vai!
 — Com um árbitro a sério o Jorge Costa ia já para a rua.
 — Olhem, e vai mesmo.
 Ouvem-se aplausos.
 — O Simão está deitado no chão e a levar pontapés.
 — O Paulo Costa não vê nada.
 — Estamos desgraçados!
 — O quê? Desgraçados a jogar com mais um?!
 — Sim, desgraçados.
 — Nunca estamos satisfeitos.
 — Não sejam naïves, o árbitro agora enquanto não expulsar dois jogadores do Benfica não descansa.
 — Isso é mania da perseguição.
 — O que é naïves?
 — É totós.
— Olha a tribuna presidencial tão bem composta.
 — Olha o Bibi atrás do Pinto da Costa. E ao lado está o professor Paulo Barbosa.
— É professor de quê?
 — Afinal quem é o Bibi?
 — É aquele senhor que interrompeu um treino da nossa equipa de futebol para dar um recado ao Roger.
 — Agora está zangado com o Vilarinho e com o Vieira...
 — Por causa do Pedro Miguel?
 — Que disparate! Por causa dos empresários.
 — O que é que aconteceu ao Pedro Miguel?
 — Foi despedido pelo filho do Bibi que é vice-presidente do Benfica.
 — O Pedro Miguel é do Veiga ou do Paulo Barbosa?
 — É do basquetebol.
 — Porque é que estão a falar de basquetebol numa altura destas? Vais ser livre contra o Benfica e falta um minuto para o intervalo.
 — Olha, foi à trave.
 — De qualquer maneira, o Moreira estava lá.
 — Tudo para as cabinas!
 — Como é que acham que vamos jogar na segunda parte?
 — Eu tirava o Éder, que deve estar abananado, e o Petit, que já tem um amarelo.
 — E metias quem?
 — Como é central metia o Hélder a defesa-direito e punha o Ednilson no meio.
 — Isso é mariquice. Só temos um amarelo, o Benfica está a jogar bem e a controlar o jogo, temos um a mais. Eu só tirava o Drulovic e metia o Mantorras.
 — O que é que está ali a fazer o Miguel?
 — Qual Miguel?
 — O nosso Miguel.
 — Quem?
 — O Miguel, caramba!
 — É porque defende bem. Contra o Moreirense entrou e defendeu muito bem.
 — Mas vamos jogar à defesa?
 — Vamos jogar em contenção a ver o que dá.
— Quem é que terá dado o apito ao Paulo Costa? O homem não pára de apitar.
 — O Deco parece o João Pinto a atirar-se para o chão.
— Olha o Tiago a passar por eles todos...
 Ouvem-se aplausos.
 — ...como é que me falhou um golo destes?!
 — O Porto não joga nada. Se não fosse o proteccionismo do árbitro...
 — Disseste «proteccionismo»?
 — Sim. Parece-te exagerado?
 — Não sei o que me parece.
 — Pronto, lá vai o Éder levar um amarelo.
 — Agora é que era de o tirar e adaptar o Hélder a defesa-direito.
 — Estamos com um a mais e parece que estamos com um a menos.
— Nós temos um a mais mas eles têm o Paulo Costa. As coisas até estão desequilibradas.
— Isso é facciosismo.
 — Mas que grande defesa do Moreira.
 — É como eu digo, não é por causa do guarda-redes que o Benfica não chegou aqui com 18 pontinhos.
— Mas que desarme limpinho do Petit!
 — Limpinho na tua opinião, o Paulo Costa marcou falta contra o Benfica.
— Isto está a ser científico.
— Olha, o Deco tropeçou sozinho, está mesmo em má forma.
 — Sozinho na tua opinião. Acaba de ser marcada a 79.ª falta contra o Benfica.
— Três cartões amarelos para jogadores do Benfica em dois minutos.
— Olha, lá se atirou o Deco outra vez para o chão.
 — E lá vai o Éder para a rua!
— Pronto, o árbitro já pode descansar.
 — Isso é o que tu julgas.
 — O Moreira está mal colocado.
 — Um autogolo, uma frangalhada, um Paulo Costa, é de mais.
 — O Moreira não é guarda-redes para o Benfica.
 — Mas com o Moreirense safou-nos.
— Sofremos o segundo golo duma falta que não existiu e ficámos sem um jogador.
— Eu sempre disse que esse Durão Barroso não mandava nada.
 — A culpa é do Roger.
 — Quando o Roger saiu estava 1-1.
 — Agora foi o João Manuel Pinto que levou um amarelo.
 — Não há amarelos para os jogadores do Porto?
 — Só depois de mais um jogador do Benfica ser expulso.
 — O Miguel levou amarelo.
 — Mas está a jogar?
 — Não, está a falar.
 — E agora levou vermelho.
 — Eu não disse?
 — Nem contra nove o Porto joga alguma coisa.
 — Amarelo para o Simão.
 — Isto não acaba?
— Pelas minhas contas o Paulo Costa vai dar um cartão amarelo a um jogador do Porto nos próximos dois minutos.
— Vamos todos contar em coro os segundos?
— 1, 2, 3, 4 ... 117, 118, 119, 120 segundos...
 — ... e amarelo para o Costinha! Bestial!
Ouvem-se aplausos.
— Isto é mais do que científico! Só falta mesmo o fogo-de-artifício na Ribeira!
— O Mantorras devia ter entrado mais cedo.
 — Se tivesse entrado mais cedo a esta hora já estava na rua.
 — Antigamente podia-se vetar árbitros.
 — Mas temos de viver do presente. E ainda hoje ganhámos por 11-0 em futsal a uma equipa de que não me consigo lembrar do nome.
 Ouvem-se aplausos.
 — A falta que faz o Zahovic!
 — Lá se atirou outra vez o Deco para o chão.
 — Mas agora o Paulo Costa não foi na fita. Ah, grande Colina!
 — Também só faltam dois minutos para o fim do jogo.
 — Quanto tempo de compensação é que acham que vai haver?
 — Se o jogo estivesse empatado para aí uns 9 minutos, estando o Porto a ganhar para aí uns 3 minutos.
 — Não, o Paulo Costa não tem lata de dar 3 minutos. Vai dar 5 minutos!
 — Vai dar 4 minutos. Quatro minutos é que é fino!
 — Quem é que vota em 4 minutos?
 Ouvem-se muitas vozes: «Eu!», «eu!», «eu!»
 — Lá está a placa com o tempo...
 — Quatro minutos!
 Ouvem-se aplausos.
 — Acho uma grande injustiça se os jornais amanhã disserem que foi o Deco que levou o Porto ao colo.
 — Acabou.
 — Vamos mas é dar uma grande salva de palmas à nossa equipa de futsal e ao seu treinador, senhor Alípio Matos, que deu 11-0 hoje à tarde. E marcámos 7 golos em 11 minutos!
 Ouvem-se aplausos e barulho de cadeiras a arrastar no chão.
 Fim da gravação.
Leonor Pinhão in "A Bola" 24.10.2002




OS BATOTEIROS





Um roubava nos anos 30, Al Capone.
O outro rouba à 30 anos, Pinto da Costa!



Sem  CORRUPÇÃO o PORTO não  é  CAMPEÃO  ..




Jacinto Paixão + Futebol Corrupção do Porto









Apito Dourado: Árbitro Rui Silva e auxiliares lamentam suspensão de 20
meses
O árbitro Rui Silva e os auxiliares Bruno Pereira e
Nuno Fraguito lamentaram hoje a suspensão de 20 meses confirmada
pelo Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, no âmbito do
processo Apito Dourado.



e sempre a Roubar






Mas e incrível a ser verdade!
O prémio vindo do norte está dado.
Mesmo que não vá arbitrar a final, rumor dito na Antena 1, já esta concedido o desejo.
Há um senão… depois de ter sido tornado público cedo demais, provavelmente a mando dos mesmos que lhe concederam o desejo, poderá não ir. Uma nomeação destas gera sempre polémica tendo em conta os inúmeros Roubos ao nosso clube desde que começou na arbitragem.
Este ano como exemplo mais recente… Sem ele duvido que a mafia conseguisse ser campeã!
Para o ano já está dado o mote! Quem prejudicar o Benfica tem direito a excelentes prémios!
De certeza que não há ninguém disposto a partir pernas aos senhores árbitros que são claramente o ponto decisivo no futebol português?
Tal como o nosso país também o futebol precisa de uma revolução com sangue.
Eu proponho partir algo a estes corruptos sem escrúpulos, vaidosos e prepotentes!
Quando virem um, por favor, façam algo interessante pelo país mas acima de tudo pela verdade desportiva!

Com este senhor Proença foram vários os jogos decisivos em que ele nos tirou pontos com penalties, expulsões e fora do jogo a favor do adversário.

Os próximos dias vão dizer o que vai ganhar o Proença. Será um telefonema da Uefa a dar-lhe a final ou um outro do Bimbo da Crosta a dizer que infelizmente alguém pôs a boca no trombone cedo demais e daria muito nas vista a nomeação!
O poder nas mãos malignas é muito mau. Um dia espero que a historia retrate este cabrão do norte como a doninha mais fedorenta do mundo do futebol. Tal como Hitler era um estratega muito inteligente este filho de uma puta é igual. Só lá vai morto e enterrado!

Saudações Benfiquistas!



Escuta Antero Henrique e o Pinto da Costa




SEMPRE ENFRENTE ATE A MADALENA .....





Vai começar o circo!!!










Assim se ganham campeonatos!
Acordem a Sul e vejam as diferenças.
Há duas leis da arbitragem neste país, uma aqui no Norte e outra aí em baixo no sul.
Infelizmente enquanto o meu Benfica for governado por gente séria não vai a lado nenhum por muito que nos custe. Para se ser campeão em Portugal é necessário ser mafioso!

                                             


 O BENFICA E A NOSSA BANDEIRA


Mas sempre foram 30 anos de batota desportiva... uma vergonha -ainda  este ano desportivo não terminou ,é pelos vistos, a "fruta fraudulenta " estará estragada ou os "envelopes azuis" não estarão bem recheados ,ou estarão basta investigar o Estoril ,o Marítimo e os fiscais de linha   do arbitro pedro Proença. ...

vergonhoso desporto em Portugal  que só vive da batota de um clube a norte corrupto ,mafioso e batoteiro ..



por karlos

sábado, 11 de maio de 2013

FORÇAAAAA BENFICAAAA !... SLB. SLB. SLB .

 
SEMPRE BENFICA
 
 
 
                                    
  E hoje benficaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...



                                     FORÇAAAAAAAAAA BENFICAAAAAAA





E Vós, Óh Rapazes do Manto Sagrado
Honrai Agora os Ases
Que Nos Honraram o Passado
 
 
Carregaaaaaaa Benficaaaaaaaaaaaaaaa
 
 
Logo à noite, neste sábado, pelas 20.30 horas, o Benfica está a menos de duas horas da conquista do 79.º Campeonato Nacional. Que o Bem vença o Mal.
 
Vitória, empate e ….
Com a aproximação do final de temporada chegou a época das decisões. É verdade que o "Glorioso" ainda não ganhou nada, mas também é impossível poder ter ganho alguma coisa! Quanto a finais elas estão marcadas para meados de Maio (15 para a Liga Europa, 25 para a Liga dos Campeões e 26 para a Taça de Portugal). Estamos lá: na Liga Europa e Taça de Portugal. Ou seja, podemos vencê-las. Se estivéssemos eliminados de certeza que não as vencíamos. No campeonato estamos na frente. Já podia estar conquistado? Já! Mas era praticamente impossível. Recordemos que em 2004/05 e 2009/10 só "deixaram" ganhá-lo na última jornada. Dificilmente não vai ser assim esta época. Colocam sempre um outro clube a "morder as canelas". Apesar de jogarmos mais, muito mais que os 2.ºs classificados dessas temporadas. Enquanto houver "sistema" que transforme o futebol português numa espécie de futebol, o "Futeluso", vai ser assim!
Podemos vencer o FC Porto, alargar a vantagem para cinco pontos, e o campeonato é nosso. Será o 33.º título em 79 edições. Será difícil, mas temos futebol para isso!
Podemos empatar no terreno do FC Porto, manter os dois pontos de avanço e resolver na "Catedral", frente ao Moreirense FC o "assunto" do título!
Em caso de insucesso, só na última jornada o título ficará resolvido. O "Glorioso" vai ser superior ao FC Porto. Era de uma injustiça tremenda o FCP sagrar-se campeão. Até vergonhoso!
 
 
aqui:http://em-defesa-do-benfica.blogspot.pt/

NOS SO QUEREMOS O BENFICA CAMPEÃO


por: karlos

 

terça-feira, 7 de maio de 2013

A grandeza do S.L.Benfica

 

António Melo: Texto do meu filho Daniel


Não resisto a enviar-vos um texto que o meu filho Daniel escreveu e me mandou de Belo Horizonte no Brasil, onde está a estudar e trabalhar. Talvez vos dê a força que me deu a mim. 
(António Melo, in Master Groove)

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Daniel Melo
Data: 7 de Maio de 2013
Assunto: BENFICA
Para: António Melo 




Pai, ontem empatámos. Ia desmaiando. Eu sei que vamos ser campeões. Eu sei. Porque simplesmente merecemos. Por isso, escreverei um texto daquilo que sinto, senti e sempre sentirei pelo Benfica. Podes mostrar a quem quiseres. Tens poder até para fazê-lo chegar aos grandes quadros do Benfica e até jogadores. Pois aqui vai:

Estou a mais de 8 mil quilómetros da minha cidade natal. Mas nem por isso deixo de estar Contigo. Penso em Ti a toda a hora. Sou louco por Ti. Por Ti vivo cada minuto da minha vida. Eu sei que vais vencer. Foste fadado a isso. Tu, oh grande Sport Lisboa e Benfica, estás destinado a grandes e maravilhosos feitos. Como dizia Spartacus: ''os combates não se ganham pela força, mas pela vontade e inteligência''. E é isso que tens de fazer, Benfica. Tem coragem. Tem vontade. Tudo se concretizará se acreditares. E eu acredito. Oh, como acredito em Ti. Tem coragem. Nunca estarás sozinho. Tens em Ti todos os sonhos do mundo (Fernando Pessoa), não trazidos por uma qualquer obra do acaso, mas por uma barco que de sonhos é tecido. E tens também a força de milhões que Te apoiam, de loucos que choram e gritam por Ti. Se estivermos unidos, nada nos derrubará. Tu, Benfica, nunca estarás sozinho! 

Como eu gostaria de ver, tocar e sentir todas as coisas deste Mundo... por isso um grupo de seres humanos maravilhosos fundou esta gloriosa Instituição. Tu és tudo o que quero. O cume do ideal. E da vontade de ser feliz. Serei capaz de Te amar mil anos; e mais mil anos outra vez se for preciso. Segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos, séculos, milénios. Serás sempre nosso. E se jogasses no céu neste momento, eu morreria só para Te ver jogar. E saberia que estava no paraíso, pois estavas lá. Contigo eu tenho múltiplos orgasmos e atinjo o clímax consecutivamente. Podem-se rir. Eu não me importo. 
E sabes, oh grandioso, como se dizia fã incondicional em latim? Era adepto. Tal como se diz hoje na nossa maravilhosa língua. E Pluribus Unum Ad Infinitum. Todos por um, até ao infinito. Todos por este ideal chamado Benfica. 

Não fui eu que escolhi o Benfica. Não somos nós que o elegemos. O Benfica é que nos escolhe a nós. E é assim que a águia vem parar ao nosso peito. E todos e cada um somos privilegiados por pertencer a este clube maravilhoso. Clube do povo. Dos trabalhadores. Daqueles que nada têm a não ser a força do seu trabalho. Por isso estás destinado a vencer. Para dares alegrias aqueles que já pouco possuem. Como tal, eu digo e afirmo: tenho orgulho em pertencer à maior Associação Desportiva do mundo. Eu tenho orgulho em ser SPORT LISBOA E BENFICA, meu perpétuo, indefectível e incondicional amor.

Passa a mensagem. Faz esta merda chegar a alguém. Só quero ser campeão...

Beijos, amo-te
 
 
Aqui:http://mastergroove2010.blogspot.pt/2013/05/antonio-melo-texto-do-meu-filho-daniel.HTML
 
Obrigado, Companheiro,por este teu exemplo de Benfiquismo.  
 
por: karlos

sexta-feira, 3 de maio de 2013

XAU ....XAU...BeTinho

Esta musica de seu nome Goodbye my love Goodbye de DEMIS ROUSSOS , que em português se traduz em Adeus meu Amor Adeus , não se destina para pessoas ignorantes...



Good-bye, My Lady .......... .......





Goodbye My Love
Demis Roussos
Composição: Jack Lloyd / Kevin Munro
Hear the wind sing a sad, old song
it knows I'm leaving you today
please dont cry or my heart will break
when I go on my way
Choris:
goodbye my love goodbye
goodbye and au revoir
as long as you remember me
I'll never be too far
goodbye my love goodbye
I always be true
so hold me in your dreams
till I come back to you
see the stars in the sky above
they'll shine wherever I may roam
I'll pray every lonely night
That soon they'll guide me home
Choris



por: karlos








XAU ....XAU   BeTinho ......







Adeus Estranho

Ontem de manhã, bem cedo

Eu levantei antes de alvorecer, e

Realmente, aproveitei minha paragem

Mas tenho que ir embora










                       Despedimento de Vítor Pereira é desumano


 
 
Vítor Pereira está muito próximo de deixar de ser treinador do FC Porto. Faz parte da vida de um treinador e até seria normal, se não fosse desumano.

Vítor Pereira não utiliza o Lobo Frontal vai para dois anos. O desemprego significa, no seu caso, o começo de um longo e penoso processo de terapia na tentativa de recuperar a capacidade de utilização dessa zona específica do cérebro, associada à articulação da fala e pensamento.

Felizmente a sua articulação temporomandibular encontra-se em excelente forma. Do mal o menos.



aqui: http://www.anti-benfica.com/__blog_artigo.php?id=6881

por: karlos









sexta-feira, 5 de abril de 2013

A Lixívia Lava Mais Branco ,com Sabão azul...

     
                      continua a peste suína a fazer  das suas ..

 






A lixívia é apropriada para LAVAR ,ou branquear resultados de futebol  em Portugal.....

Lavar mais branco é que não! pois tem de ficar azul!..

isto e futebol e ninguém quer saber da verdade desportiva


pra sujo basta assim...


a prova da roubalheira nacional...


Lixívia para os olhos!  e o q faz falta ....











Lixívia 24
Tabela Anti-Lixívia:
 
Benfica.........64 (-6 ) = 70
 
Corruptos......60 (+4 ) = 56
 
Braga...........43 ( +1 ) = 42
 
Sporting.........30 (+8 ) = 22


Na Luz voltámos a ter que aguentar, uma daquelas arbitragens manhosas 'douradinhas', totalmente premeditadas... Enquanto o resultado do jogo ainda estava 'aberto', não expulsou o Nivaldo - nem falta marcou -, numa tentativa de 'homicídio' ao Salvio... aliás durante todo o jogo a atitude dos jogadores do Rio Ave, foi sempre de extrema agressividade, qualquer jogador do Benfica que se agarrava uns segundos a mais à bola, levava sempre pancada. Sendo o Enzo o mais castigado. A pega de cernelha que o Tarantini fez ao Enzo é disso o maior exemplo, com total impunidade... Se também é verdade que o auxiliar errou ao marcar um fora-de-jogo ao ataque do Rio Ave, logo no início do jogo; segundos após o 1.º golo do Benfica, deixou-se enganar por uma simulação descarada do Bebé, num livre que até foi à barra!!!
Mas quando o apitador, verificou que o jogo estava decidido, mudou de estratégia, apanhando os Vila-condenses de surpresa!!! Já que não podia condicionar este jogo, optou por condicionar os próximos!!! As duas expulsões do Rio Ave, são claras - aliás o Wires até podia ter sido expulso por protestos, quando levou o 1.º amarelo!!! -, e assim beneficiou o clube do seu coração - e do seu bolso!!! -, retirando estes dois jogadores da Meia-final da Taça da Liga com os Corruptos!!! Não satisfeito, decidiu carregar de amarelos os jogadores do Benfica, na esperança que nas últimas, e decisivas jornadas, o Benfica tenha jogadores suspensos por acumulação de amarelos, conseguindo mesmo expulsar o Melga com dois amarelos, após duas simulações descaradas do Ukra - o Melga não fez qualquer falta nos dois lances!!! Enquanto o Melga é um dos jogadores mais utilizados, e com um substituto, que nem sempre se tem mostrado à altura... o Rodrigo tem sido pouco utilizado - no Campeonato muito pouco... -, e talvez por isso tenha perdoado o vermelho directo ao nosso avançado!!!

Não vi os outros dois jogos, analisando os resumos: sou obrigado a considerar que os Lagartos foram beneficiados, isto apesar de vários Benfiquistas terem-me dito que o Jorge Sousa, nas faltas e faltinhas menos graves, fez tudo para beneficiar o Braga!!! Mas nos lances de penalty, ficou um por marcar contra o Sporting (repito: que pessoalmente considero que este tipo de Bolas na Mão não são penalty, mas o critério em Portugal é outro...), no lance do Capel, o Elderson corta a bola, não existem dois movimentos, portanto o choque é inevitável, finalmente no lance do Joãozinho o 2.º amarelo foi bem mostrado, pois existe uma clara simulação.
O mais significativo dos jogo dos Corruptos em Coimbra, até não foi a arbitragem do Bruno Esteves: foi a vergonhosa lavagem feita pelas televisões aos erros de arbitragem!!! O Mangala dá uma chapada no Edinho - quando este podia-se isolar -, 3 minutos antes de levar um amarelo; o Lucho faz um penalty, empurrando um adversário, e nos programas de paineleiros: nada!!! Só mostraram um suposto penalty contra a Académica!!! Que não existe. O braço está levantado, mas para quem faz um carrinho, é a posição normal, acaba por ser o Fernando com um toque na bola, a menos de 1 metro de distância, que acaba por levar a bola na direcção do braço do João Real.

Anexos:
Benfica
1ª-Braga(c) E(2-2), Soares Dias, Prejudicados, Beneficiados, (3-2), (-2 pontos)
2ª-Setúbal(f) V(0-5), Jorge Sousa, Nada a assinalar
3ª-Nacional(c) V(3-0), Bruno Esteves, Nada a assinalar
4ª-Académica(f) E(2-2), Xistra, Prejudicados, (0-3), (-2 pontos)
5ª-Paços de Ferreira(f) V(1-2), Marco Ferreira, Prejudicados, (1-5), Sem influência no resultado
6ª-Beira-Mar(c) V(2-1), Rui Costa, Prejudicados, Beneficiados, (3-1), Sem influência no resultado
7ª-Gil Vicente(f) V(0-3), Vasco Santos, Nada a assinalar
8ª-Guimarães(c) V(3-0), João Ferreira, Prejudicados, (4-0), Sem influência no resultado
9ª-Rio Ave(f) V(0-1), Bruno Esteves, Nada a assinalar
10ª-Olhanense(c) V(2-0), Rui Silva, Nada a assinalar
11ª-Sporting(f) V(1-3), Marco Ferreira, Nada a assinalar
12ª-Marítimo(c) V(4-1), Hugo Pacheco, Prejudicados, (5-0), Sem influência no resultado
13ª-Estoril(f) V(1-3), Duarte Pacheco, Nada a assinalar
14ª-Corruptos(c) E(2-2), João Ferreira, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado
15ª-Moreirense(f) V(0-2), Capela, Nada a assinalar
16ª-Braga(f) V(1-2), Bruno Esteves, Nada a assinalar
17ª-Setúbal(c) V(3-0), Vasco Santos, Beneficiados, Sem influência no resultado
18ª-Nacional(f) E(2-2), Proença, Prejudicados, (2-4), (-2 pontos)
19ª-Académica(c) V(1-0), Nuno Almeida, Prejudicados, Sem influência no resultado
20ª-Paços de Ferreira(c) V(3-0), Capela, Nada a assinalar
21ª-Beira-Mar(f) V(0-1), Manuel Mota, Prejudicados, (0-3), Sem influência no resultado
22ª-Gil Vicente(c) V(5-0), Duarte Gomes, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
23ª-Guimarães(f) V(4-0), Paulo Baptista, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado
24ª-Rio Ave(c) V(6-1), Rui Costa, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado

Sporting
1ª-Guimarães(f) E(0-0), Capela, Nada a assinalar
2ª-Rio Ave(c) D(0-1), Marco Ferreira, Nada a assinalar
-Marítimo(f) E(1-1), Xistra, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
4ª-Gil Vicente(c) V(2-1), Vasco Santos, Beneficiados, Prejudicados, (2-2), (+2 pontos)
5ª-Estoril(c) E(2-2), Nuno Almeida, Beneficiados, (2-3), (+1 ponto)
6ª-Corruptos(f) D(2-0), Jorge Sousa, Prejudicados, (1-0), Sem influência no resultado
7ª-Académica(c) E(0-0), Bruno Esteves, Nada a assinalar
8ª-Setúbal(f) D(2-1), Paulo Baptista, Nada a assinalar
9ª-Braga(c) V(1-0), Proença, Beneficiados, (1-1), (+2 pontos)
10ª-Moreirense(f) E(2-2), Hugo Miguel, Nada a assinalar
11ª-Benfica(c) D(1-3), Marco Ferreira, Nada a assinalar
12ª-Nacional(f) E(1-1), Soares Dias, Nada a assinalar
13ª-Paços de Ferreira(c) D(0-1), Rui Silva, Nada a assinalar
14ª-Olhanense(f) V(0-2), Hugo Pacheco, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
15ª-Beira-Mar(c) V(1-0), Cosme, Nada a assinalar
16ª-Guimarães(c) E(1-1), Xistra, Beneficiados, (1-2), (+1 ponto)
17ª-Rio Ave(f), D(2-1), Capela, Beneficiados, Sem influência no resultado
18ª-Marítimo(c) D(0-1), Duarte Gomes, Nada a assinalar
19ª-Gil Vicente(f) V(2-3), Soares Dias, Prejudicados, Beneficiados, (3-4), Sem influência no resultado
20ª-Estoril(f) D(3-1), Hugo Miguel, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
21ª-Corruptos(c) E(0-0), Paulo Baptista, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado
22ª-Académica(f) E(1-1), Hugo Pacheco, Nada a assinalar
23ª-Setubal(c) V(2-1), Marco Ferreira, Prejudicados, Sem influência no resultado
24ª-Braga(f) V(2-3), Jorge Sousa, Beneficiados, (3-3), (+2 pontos)

Corruptos
1ª-Gil Vicente(f) E(0-0), Duarte Gomes, Beneficiado, Prejudicados, (1-1), Sem influência no resultado
2ª-Guimarães(c) V(4-0), Hugo Miguel, Prejudicados, Sem influência no resultado
3ª-Olhanense(f) V(2-3), João Ferreira, Nada a assinalar
-Beira-Mar(c) V(4-0), Manuel Mota, Nada a assinalar
5ª-Rio Ave(f) E(2-2), Bruno Esteves, Nada a assinalar
6ª-Sporting(c) V(2-0), Jorge Sousa, Beneficiados, (1-0), Sem influência no resultado
7ª-Estoril(f) V(1-2), Capela, Nada a assinalar
8ª-Marítimo(c) V(5-0), Cosme, Nada a assinalar
9ª-Académica(c) V(2-1), Hugo Pacheco, Beneficiados, (2-2), (+2 pontos)
10ª-Braga(f), V(0-2), Xistra, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
11ª-Moreirense(c) V(1-0), Vasco Santos, Beneficiados, (1-1), (+2 pontos)
12ª-Setúbal(f) V(-3), Proença, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
13ª-Nacional(c) V(1-0), Rui Costa, Prejudicados, (2-0), Sem influência no resultado
14ª-Benfica(f) E(2-2), João Ferreira, Prejudicados, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
15ª-Paços de Ferreira(c) V(2-0), Jorge Sousa, Nada a assinalar
16ª-Gil Vicente(c) V(5-0), Paulo Baptista, Beneficiados, Sem influência no resultado
17ª-Guimarães(f) V(0-4), Marco Ferreira, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado
18ª-Olhanense(c) E(1-1), Cosme Machado, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
19ª-Beira-Mar(f) V(0-2), Xistra, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
20ª-Rio Ave(c) V(2-1), Soares Dias, Beneficiados, (2-2), (+2 pontos)
21ª-Sporting(f) E(0-0), Paulo Baptista, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado
22ª-Estoril(c) V(2-0), Nuno Almeida, Beneficiados, Sem influência no resultado
23ª-Marítimo(f) E(1-1), João Capela, Beneficiados, Prejudicados, (1-2), (-2 pontos)
24ª-Académica(f), V(0-3), Bruno Esteves, Prejudicados, Impossível contabilizar

Braga
1ª-Benfica(f) E(2-2), Soares Dias, Beneficiado, Prejudicados, (3-2), (+ 1 ponto)
2ª-Beira-Mar(c) V(3-1), Paulo Baptista, Nada a assinalar
3ª-Paços de Ferreira(f) D(2-0), Pedro Proença, Nada assinalar
4ª-Rio Ave(c), V(4-1), Bruno Paixão, Nada a assinalar
5ª-Guimarães(f), V(0-2), Paulo Baptista, Prejudicados, Sem influência no resultado
6ª-Olhanense(c), E(4-4), Jorge Tavares, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar
7ª-Marítimo(f), V(0-2), Benquerença, Nada a assinalar
8ª-Gil Vicente(c) V(3-1), Rui Silva, Beneficiados, Impossível contabilizar
9ª-Sporting(f) D(1-0), Proença, Prejudicados, (1-1), (-1 ponto)
10ª-Corrutpos(c) D(0-2), Xistra, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado
11ª-Académica(f) V(1-4), Soares Dias, Nada a assinalar
12ª-Estoril,(c) V(3-0), Nuno Almeida, Beneficiados, (3-1),Sem influência no resultado
13ª-Moreirense(c) V(1-0), Jorge Sousa, Nada a assinalar
14ª-Nacional(f) D(3-2), Hugo Miguel, Nada a assinalar
15ª-Setúbal(c) V(4-1), Duarte Gomes, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
16ª-Benfica(c) D(1-2), Bruno Esteves, Nada a assinalar
17ª-Beira-Mar(f) E(3-3), Hugo Pacheco, Beneficiados, Prejudicados, (4-2), (+1 ponto)
18ª-Paços de Ferreira(c) D(2-3), Paulo Baptista, Nada a assinalar
19ª-Rio Ave(f) E(1-1), João Ferreira, Beneficiados, (1-0), (+1 ponto)
20ª-Guimarães(c) V(3-2), Jorge Sousa, Nada a assinalar
21ª-Olhanense(f) V(0-1), Bruno Paixão, Nada a assinalar
22ª-Marítimo(c) V(2-0), Bruno Esteves, Nada a assinalar
23ª-Gil Vicente(f), V(1-3), Xistra, Nada a assinalar
24ª-Sporting(c), D(2-3), Jorge Sousa, Prejudicados, (3-3), (-1 ponto)
 
 
 
                                                                    
 
 

16/04/2004


Antevéspera do jogo Beira-Mar - FC Porto, 0-0 (31.ª jornada)


Dois dias antes do jogo, o empresário de jogadores, António Araújo conduz até casa o árbitro da partida, Augusto Duarte. O presidente do FC Porto dá a rota certa até sua casa, na Madalena, em Vila Nova de Gaia.


Conversa entre António Araújo e Pinto da Costa:


Pinto da Costa (PC): Estou


António Aráujo (AA): Estou Presidente?


PC: Como está?


AA: Eu virei aqui, eu virei aqui, portanto, para a, para a zona da Madalena, não é?


PC: Sim


AA:E agora, eu viro para depois aonde? Que eu vim só no dia do seu aniversário...


PC: O senhor virou onde diz Madalena, não é? E agora vem frente e... sobe um bocadinho não é?


AA: Sim...


PC: Sobe um bocadinho e o senhor vira à esquerda.


AA: Certo...


PC: Tá a virar?


AA: Sim sim


PC: E depois vira à direita.


AA: Certo.


PC: E agora vem sempre por aí abaixo...


AA: Hum... espere aí então, espera aí. Tem alguma, alguma tabuleta em especial, não?


PC: Não, vem sempre por... em frente por aí abaixo


AA: Pela nossa direita não é?


PC: Sim, o senhor vire pela direita, portanto, tem uma tabuleta que diz Porto, não sei quê para a esquerda... e o senhor vira à direita, vem à ... continua em frente pela direita sempre a descer. Pronto... Agora vai descendo


AA: Espere aí. É que eu tive que... já tinha caminhado um bocado...pronto, eu estou aqui, cheguei nesta rotunda.


PC: Qual rotunda?


AA: Eu...tem a... que diz assim: Porto.


PC: Pronto, o senhor aí vem para baixo. Em vez de ir para o Porto, vem para baixo.


AA: Pronto, venho para baixo. Tem... e depois não tem uma rotunda, que até tem umas flores no meio?


PC: E o senhor vem sempre em frente para baixo... dá meia volta à rotunda e vem aí abaixo.


AA: Certo. Pronto, já lá estou. Assim já vou melhor. Depois tem as escolas do lado direito...


PC: Tem uma escola do lado direito. Vem sempre em frente.


AA: Certo


PC: Tá a passar por uns correios, não?


AA: Depois, agora, agora tem aqui uma tabuleta que diz: Coimbrões, Rego d'Água.


PC: Não, não. Sempre em frente.


AA: Sempre em frente. Ok. Ora aqui vou eu. Já estive aqui carago.


PC: E está a passar por onde?


AA: Ora bem, agora tem... agora tem aqui uma tabuleta que diz: Avim??


PC: Não não. Isso não sei o que é.


AA: Ai não?


PC: Isso não sei onde é que o senhor anda.


AA: Ó diabo! Então tenho aqui uma tabuleta que diz: à esquerda Avim. Continuo sempre para baixo?


PC: Vá. Continue sempre para baixo.


AA: Pronto, eu continuo sempre para baixo. E vou passar...


PC: Está a passar o que?


AA: Depois tem aqui...Apeadeiro à direita


PC: Não. Sempre para baixo.


AA: E à frente tem uma pontezeca...


PC: Exacto. Sempre para baixo.


AA: Exatamente. Eu se vir aí alguma coisa que...


PC: E depois, à direita vai ver uma casa grande, que é...


AA: Exatamente. Um casa já antiga


PC: Assim muito grande...


AA: Certo


PC: Sempre em frente


AA: Sempre em frente...eheheh. E agora aqui em baixo tem costa, estaleiro de Madalena, Orfeão...


PC: Sempre em frente


AA: Sempre em frente...Farmácia...


PC: Sempre em frente


AA: Junta de freguesia da Madalena


PC: Junta...isso eu não estou a ver onde é...


AA: Depois tem clínica dentária...


PC: Sempre em frente...


AA: Agora direita ou esquerda?


PC: Sempre em frente...


AA: Agora... à direita ou à esquerda?


PC: Sempre em frente...


AA: Ah, mas aqui tem uma, tem a funerária e depois tem a orbitur..


PC: O senhor na funerária, vira a esquerda


AA: À esquerda, Orbitur...


PC: Sempre em frente, para a esquerda. Passa à frente da funerária


AA: Exatamente, elá vou eu


PC: ...E vem, e vem sempre em frente


AA: E lá vou eu... sempre por aqui abaixo...agora tenhou outra, outra..., mais um jardinzeco à minha esquerda. É aqui?


PC: Jardinzeco à sua esquerda?


AA: Sim, tipo um triângulo.


PC: Não, o senhor vem sempre em frente.


AA: Sempre em frente, aqui vou eu. Agora temos aqui... Para a igreja ou para a praia?


PC: Hum... ora, deixe-me ver onde é que está?


AA: Campismo, farmácia...


PC: O senhor passou, passou...


AA: Ou viro para o , para o ideal clube da Madalena...


PC: Vira para aí, que é para a esquerda, não é?


AA: Exatamente


PC: Exacto, e vai passar na sociedade columbófila e no clube da Madalena não sei qué...


AA: Pronto, tem aqui um cruzeiro...


PC: Exatamente, sempre em frente é estreitinho aí...


AA: Exatamente


PC: Pronto, e o senhor depois...


AA: AS da Madalena, Já estou a passar...


PC: Passa por ela e depois no fundo vira à direita, que tem aí o clube da Madalena


AA: Exatamente, à minha esquerda é o clube da Madalena.



PC: À direita, é uma rua larga, estão aí muitos gajos aí parados e encostados...


AA: É, parece que é "Para a viola"...


PC: É É..."Para a viola" e o senhor vem em frente.


AA: Exatamente


PC: E nessa rua larga vira à esquerda.


AA: Aqui já estou eu


PC: Vire à esquerda


AA: Já estou eu na, na esquerda


PC: E no fundo, vira à esquerda.


AA: Outra vez à esquerda


PC: Outra vez à esquerda e depois vai em frente.


AA: Já vou


PC: E no fundo dessa rua tem uma seta que diz praia...


AA: Exatamente


PC: ... e o senhor vira à esquerda


AA: Viro à esquerda. Aqui vou eu


PC: E 100 metros à frente o senhor vira à direita e é nessa rua, na casa que está iluminada


AA: Ok, isso já, já estou! Já estou a ver



                                                              
 

por karlos
 




 
 
 
e mais fácil encontrar uma prostituta virgem  na cidade do porto ,que um andrade honesto!.. 
 
 


 
 

Protecções

"Há duas semanas, neste mesmo espaço, recordei que o FC Porto, nas temporadas de 39/40 e de 41/42 deveria ter disputado o Campeonato da II Divisão, não fosse a generosidade da Federação Portuguesa de Futebol, que procedeu a dois cirúrgicos alargamentos apenas com o intuito de beneficiar o clube do Norte. Ainda assim, é daquela latitude que mais se ouvem recorrentes acusações ao Benfica, sobretudo no período que antecedeu o 25 de abril, só possível em mentes perversas e demagógicas, já que a vida demonstrou à saciedade quão falaciosas são as acusações portistas.
Outro exemplo? No dia imediato ao da conquista da primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus, ganha ao Barcelona, foi a equipa de reservas que se viu obrigada a disputar, em Setúbal, os quartos-de-final da Taça de Portugal, após inacreditável sentença do mais importante órgão institucional do Futebol português. O Benfica, que havia ganho 3-1, na Luz, foi batido, por 4-1, em Setúbal, com a inevitável eliminação da prova. Foi o segundo jogo oficial de Eusébio, que marcou o golo e desperdiçou um penálti, defendido pelo guardião Mourinho (pai do técnico do Real Madrid). Quem mais jogou? Ramalho, Sidónio, Pinto, Maximiano, Amândio, Humberto Fernandes, Nartanga, Jorge, Espírito Santo e Inácio. Enquanto isso, entre outros, Costa Pereira, Germano, Coluna, José Augusto, Santana, Águas e Cavém viajavam de Berna.
Essa edição da Taça de Portugal só teve um pormenor pitoresco. Disputada nas Antas (na Luz nunca na história se realizou nenhuma), permitiu ver o Leixões conquistar o troféu no covil dos dragões-que-nessa-altura-ainda-não-eram-dragões. Como aconteceria, vinte anos mais tarde, quando um golo de Carlos Manuel deixou o anfiteatro portista em silêncio e concedeu ao Benfica o direito de exibir mais uma Taça de Portugal nos seus ricos escaparates."

 
João Malheiro, in O Benfica
 




 
 
 
 
 
 
Amiguinhos
 

               
Partilhar no Facebook

Quando somos pequeninos, os nossos amiguinhos andam sempre connosco.
O FC Porto quer colocar um amigo no Comité Executivo da UEFA. Faz sentido e é coerente.
É dia de jogo, os jogadores do FC Porto entram no autocarro e cumprimentam o motorista amigo. Em andamento são escoltados por polícias de um Polícia amiga, entrando no estacionamento do estádio de um clube adversário (quase sempre) amigo, presidido por um grande amigo e treinado por um grande grande amigo. Nas bancadas o Observador, observa com amizade e o Juíz que telefonou a pedir bilhetes, dá graças a Deus pela amizade do amigo. Os jogadores entram em campo, na equipa adversária há alguns amigos. O árbitro vai ser amigo, por causa das amigas. O presidente da Liga já não é amigo, porque agora é presidente da Federação e levou a amizade com ele. Mas, não se apoquentem os amigos, porque no Conselho de disciplina e no outro, o da Justiça, há lá muitos. Por sua vez, o jogo vai ser transmitido pelo canal de um amigo e os comentários também vão ser amigos.
Um amigo no Comité Executivo da UEFA, sim senhor! Faz sentido. Vem logo a seguir ao amigo, ministro da tutela.
Se,  José Monteiro da Costa, fundador do FC Porto, tivesse realmente fundado o FC Porto, seria, por esta altura, uma alma feliz com o clube que ele pensara ter fundado. Tanta amizade enternece.

 
 
 
mais um excelente txt  no Anti-Benfica.COM
 



por :karlos