quinta-feira, 18 de junho de 2009

FORÇA VIEIRA.. FORÇA VIEIRA ..FORÇA

FORÇA VIEIRA..... FORÇA VIEIRA... FORÇA VIEIRA

Força Rui Costa. Força Filipe Vieira...Força S.L.BENFICA

FORÇA VIEIRA FORÇA VIEIRA FORÇA VIEIRA FORÇA VIEIRA


FORÇA CAMPEÕES FORÇA S.L.B. Força S.L. BENFICA ,Força S.L. BENFICA


Luís Filipe Vieira !...Rui Costa!....Luís Filipe Vieira !.. Rui Costa!


SPORT LISBOA E BENFICA.SEMPRE



AS MAFIAS DOS DAS ANTAS ..





OS CORRUPTOS DO FUTEBOL PORTUGUES
Futebol: Apito Final:
FC Porto perde seis pontos, Pinto da Costa suspenso por dois anos, Boavista despromovido
O FC Porto foi hoje punido com a perda de seis pontos e o seu presidente, Pinto da Costa, suspenso por dois anos, enquanto o Boavista foi condenado à descida de divisão, no âmbito do processo Apito Final, sobre corrupção no futebol.
A decisão foi anunciada por Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).
A CD puniu também João Loureiro, antigo presidente da SAD do Boavista, com uma suspensão de quatro anos e uma multa de 25.000 euros.
Além da perda de seis pontos, o FC Porto foi punido com uma multa total de 150.000 euros, e Pinto da Costa condenado ao pagamento de 10.000 euros, na sequência de dois processos instaurados pela LPFP, por corrupção tentada, que condenaram ainda os árbitros Jacinto Paixão (quatro anos), José Chilrito e Manuel Quadrado (dois anos e meio).
O Boavista foi igualmente punido, em cúmulo jurídico, com uma multa de 180.000.
Num dos sete processos disciplinares abertos pela LPFP, a União de Leiria, já despromovida à Liga de Honra, foi punida com subtracção de três pontos e condenada ao pagamento de uma multa de 40.000 euros, enquanto o seu presidente, João Bartolomeu, suspenso por um ano.
Todas as decisões são passíveis de recurso para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.
O processo "Apito Final" foi instaurado pela CD da LPFP na sequência do processo judicial por corrupção no futebol conhecido por "Apito Dourado" e envolveu o FC Porto, Boavista e a União Leiria bem como o actual presidente portista, Pinto da Costa, e o anterior líder boavisteiro João Loureiro.
O FC Porto, tricampeão nacional era acusado de tentativa de corrupção ao árbitro de dois jogos - com o Beira-Mar e Estrela da Amadora, na época 2003/04 - incorrendo por isso numa penalização de perda de seis pontos, enquanto Pinto da Costa podia ser suspenso por um período entre seis meses e dois anos.
O Boavista foi acusado de coacção sobre a equipa de arbitragem de três jogos disputados no mesma época - com o Benfica, Belenenses e Académica - podendo ser condenado à despromoção à Liga de Honra, enquanto João Loureiro incorre numa pena de suspensão por dois anos.
A União de Leiria era acusada de corrupção sob a forma tentada e arrisca três pontos pelo jogo em casa com o Belenenses na época de 2003/2004 enquanto o seu presidente João Bartolomeu uma suspensão igualmente de seis meses a dois anos.
AO/VR
Lusa/fim



OS CORRUPTOS DO FUTEBOL PORTUGUES ...



Futebol: Apito Final :FC Porto perde seis pontos, Pinto da Costa suspenso por dois anos, Boavista despromovido09 de Maio de 2008, 16:30
O FC Porto foi hoje punido com a perda de seis pontos e o seu presidente, Pinto da Costa, suspenso por dois anos, enquanto o Boavista foi condenado à descida de divisão, no âmbito do processo Apito Final, sobre corrupção no futebol.A decisão foi anunciada por Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).A CD puniu também João Loureiro, antigo presidente da SAD do Boavista, com uma suspensão de quatro anos e uma multa de 25.000 euros.Além da perda de seis pontos, o FC Porto foi punido com uma multa total de 150.000 euros, e Pinto da Costa condenado ao pagamento de 10.000 euros, na sequência de dois processos instaurados pela LPFP, por corrupção tentada, que condenaram ainda os árbitros Jacinto Paixão (quatro anos), José Chilrito e Manuel Quadrado (dois anos e meio).O Boavista foi igualmente punido, em cúmulo jurídico, com uma multa de 180.000.Num dos sete processos disciplinares abertos pela LPFP, a União de Leiria, já despromovida à Liga de Honra, foi punida com subtracção de três pontos e condenada ao pagamento de uma multa de 40.000 euros, enquanto o seu presidente, João Bartolomeu, suspenso por um ano.Todas as decisões são passíveis de recurso para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.O processo "Apito Final" foi instaurado pela CD da LPFP na sequência do processo judicial por corrupção no futebol conhecido por "Apito Dourado" e envolveu o FC Porto, Boavista e a União Leiria bem como o actual presidente portista, Pinto da Costa, e o anterior líder boavisteiro João Loureiro.O FC Porto, tricampeão nacional era acusado de tentativa de corrupção ao árbitro de dois jogos - com o Beira-Mar e Estrela da Amadora, na época 2003/04 - incorrendo por isso numa penalização de perda de seis pontos, enquanto Pinto da Costa podia ser suspenso por um período entre seis meses e dois anos.O Boavista foi acusado de coacção sobre a equipa de arbitragem de três jogos disputados no mesma época - com o Benfica, Belenenses e Académica - podendo ser condenado à despromoção à Liga de Honra, enquanto João Loureiro incorre numa pena de suspensão por dois anos.A União de Leiria era acusada de corrupção sob a forma tentada e arrisca três pontos pelo jogo em casa com o Belenenses na época de 2003/2004 enquanto o seu presidente João Bartolomeu uma suspensão igualmente de seis meses a dois anos.AO/VRLusa/fim

terça-feira, 9 de junho de 2009

Ate que a voz me doa ....

QUEREMOS GENTE COM FIBRA NO S.L.BENFICA



— O Benfica vai para eleições antecipadas. Acompanha Luís Filipe Vieira nesta recandidatura?— Trabalho todos os dias com o presidente e percebo o empenho e a vontade que coloca no desenvolvimento do Benfica.





Partilho dessa vontade e desse entusiasmo, portanto, se ele decidir candidatar-se, irei naturalmente acompanhá-lo!





— No plano pessoal, como caracterizaria Luís Filipe Vieira?





— Posso defini-lo numa palavra: genuíno!— E no plano negocial?— Imbatível nesse capítulo! É muito intuitivo, consegue coisas que poucos arriscariam!



Força rui !!!Força vieira !!!Força BENFICA ...





BENFICA FORÇA BENFICA FORÇA RUI FORÇA VIEIRA ...




MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com












ELEIÇÕES NO MAIOR CLUBE DO MUNDO O SPORT LISBOA E BENFICA

09/06/2009 CLUBEInformaçãoConvocatória"Nos termos da lei e dos Estatutos, são convocados os senhores associados para reunirem em Assembleia Geral Ordinária Eleitoral no próximo dia 03 de Julho de 2009..."» Leia a restante convocatória aqui
FORÇA VIEIRA ...... FORÇA VIEIRA .... FORÇA VIEIRA ..

HINO DO S.L.BENFICA


















CONTRA TUDO E CONTRA TODOS ! FORÇA VIEIRA , FORÇA VIEIRA

Nos só queremos vieira presidente ! Mais nepia


Força vieira ! Força vieira , Força BENFICA Força vieira .

FFFFFOOORRRÇA VIEIRA...... FOOOOOOORRRRRÇÇÇÇÇAAAA VIEIRA..







Força, Luis Filipe Vieira . Força Luis Filipe Vieira . Força Luis Filipe Vieira !



Força BENFICA ! Força BENFICA Força BENFICA ......
























Presidentes da direcção do GLORIOSO SPORT LISBOA E BENFICA..

José Rosa Rodrigues (1904-1905)
Dr. Januário Barreto (1906)
Luís Carlos de Faria Leal (1906-1908)
João José Pires (1908-1910)
Alfredo Alexandre Luís da Silva (1910-1911)
António Nunes de Almeida Guimarães (1911)
José Eduardo Moreira Sales (1912)
Dr. Alberto Lima (1913-1915)
Dr. José Antunes dos Santos Júnior (1915-1916)
Félix Bermudes (1916-1917 / 1930-1931 / 1945)
Dr. Nuno Freire Themudo (1916-1917)
Bento Mântua (1917-1926)
Engº Alberto Silveira Ávila de Melo (1926-1930)
Manuel da Conceição Afonso (1931-1932 / 1936-1938 / 1946)
Vasco Rosa Ribeiro (1933-1936)
Capitão Júlio Ribeiro da Costa (1938-1939)
Dr. Augusto da Fonseca Júnior (1939-1944)
António Afonso da Costa e Sousa (1945-1946)
Brig. João Tamagnini de Sousa Barbosa (1947-1948)
Dr. Mário Lampreia de Gusmão Madeira (1949 -1951)
Joaquim Ferreira Bogalho (1952-1956)
Engº Maurício Vieira de Brito (1957-1961)
Dr. Antônio Mundrunga (1962-1963)
Adolfo Vieira de Brito (1964 / 1967-1968)
Dr. António Catarino Duarte (1965)
José Ferreira Queimado (1966 / 1977-1980)
Dr. Duarte António Borges Coutinho (1969-1976)
Fernando Martins (1981-1987)
João Maria dos Santos Júnior (1987-1992)
Jorge Artur Rego de Brito (1992-1994)
Manuel Damásio Soares Garcia (1994-1997)
Dr. João A. de Araújo Vale e Azevedo (1997-2000)
Dr. Manuel Lino Rodrigues Vilarinho (2000-2003)
Luís Filipe Vieira (2003-)

Em democracia ninguem nos da lições .
Força vieira !Força vieira !Força vieira !Força VIEIRA ..
























OS CORRUPTOS DO FUTEBOL PORTUGUES NO ESTADIO DO LADRÃO ...


Futebol: Apito Final :

FC Porto perde seis pontos, Pinto da Costa suspenso por dois anos, Boavista despromovido
09 de Maio de 2008, 16:30






O FC Porto foi hoje punido com a perda de seis pontos e o seu presidente, Pinto da Costa, suspenso por dois anos, enquanto o Boavista foi condenado à descida de divisão, no âmbito do processo Apito Final, sobre corrupção no futebol.
A decisão foi anunciada por Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).
A CD puniu também João Loureiro, antigo presidente da SAD do Boavista, com uma suspensão de quatro anos e uma multa de 25.000 euros.
Além da perda de seis pontos, o FC Porto foi punido com uma multa total de 150.000 euros, e Pinto da Costa condenado ao pagamento de 10.000 euros, na sequência de dois processos instaurados pela LPFP, por corrupção tentada, que condenaram ainda os árbitros Jacinto Paixão (quatro anos), José Chilrito e Manuel Quadrado (dois anos e meio).
O Boavista foi igualmente punido, em cúmulo jurídico, com uma multa de 180.000.
Num dos sete processos disciplinares abertos pela LPFP, a União de Leiria, já despromovida à Liga de Honra, foi punida com subtracção de três pontos e condenada ao pagamento de uma multa de 40.000 euros, enquanto o seu presidente, João Bartolomeu, suspenso por um ano.
Todas as decisões são passíveis de recurso para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.
O processo "Apito Final" foi instaurado pela CD da LPFP na sequência do processo judicial por corrupção no futebol conhecido por "Apito Dourado" e envolveu o FC Porto, Boavista e a União Leiria bem como o actual presidente portista, Pinto da Costa, e o anterior líder boavisteiro João Loureiro.
O FC Porto, tricampeão nacional era acusado de tentativa de corrupção ao árbitro de dois jogos - com o Beira-Mar e Estrela da Amadora, na época 2003/04 - incorrendo por isso numa penalização de perda de seis pontos, enquanto Pinto da Costa podia ser suspenso por um período entre seis meses e dois anos.
O Boavista foi acusado de coacção sobre a equipa de arbitragem de três jogos disputados no mesma época - com o Benfica, Belenenses e Académica - podendo ser condenado à despromoção à Liga de Honra, enquanto João Loureiro incorre numa pena de suspensão por dois anos.
A União de Leiria era acusada de corrupção sob a forma tentada e arrisca três pontos pelo jogo em casa com o Belenenses na época de 2003/2004 enquanto o seu presidente João Bartolomeu uma suspensão igualmente de seis meses a dois anos.
AO/VR
Lusa/fim