quarta-feira, 25 de março de 2009

OS CAMALEÕES mudaram AS FARDAS




























O que os terá feito mudar???


A 14 Outubro de 2003,




o então vice-presidente do Sporting, Soares Franco, referia-se assim ao arguido presidente do tal clube regional mais a norte: «Ouvi dizer que o Papa estava a morrer. Ele faz esta semana 25 anos de legado e o senhor Pinto da Costa já vai com 21.» Soares Franco afirmava ainda que os clubes que competiam com o Sporting deviam ser considerados adversários e que o futebol devia viver num ambiente de «guerrilha», mas uma guerrilha com «regras»... Aposto que se referia à regra do, "todos contra o Benfica"... (Record, 14/10/2003)No dia seguinte, Pinto da Costa respondia, "com a habitual ironia", ao vice sportinguista: «Este senhor é indigno de representar Portugal numa comitiva de futebol, porque ofendeu o espírito da maior parte dos portugueses que têm uma admiração pelo homem, pelo Papa, ainda que tenha atenuantes devido à hora a que proferiu as declarações.» Acrescenta, ainda: «Nunca mais Filipe Soares Franco terá a oportunidade de me cumprimentar. Quem me ofende, eu esqueço, mas quem ofende de maneira tão estúpida Sua Santidade não tem a mínima hipótese de eu esquecer.» (Record, 15/10/2003)Bastaram 2 anos e meio para que estas duas aves raras se contradigam e se sentem juntas e se entretenham em cumprimentos e simpatias. Por parte de pinto da Costa tal atitude não tem nada de espantoso, foi assim com Roquette, com Valentim Loureiro, com Pimenta Machado, com Damásio, entre outros. Tanto os elogia e os trata como grandes amigos como os insulta. E a ordem não tem necessariamente de ser esta! Pensei que FSF seria mais inteligente e perceber que uniões com gente escroque não levam a lado nenhum. Afrontar um bandido na sua especialidade é o princípio para a derrota. Em todos estes anos que assisto a estas santas alianças, em nenhuma ocasião vi o meu clube sair beneficiado pelas mesmas. E depois querer regenerar o futebol português com Pinto da Costa?!?!? E porque não convidar Valentim Loureiro, Adriano Pinto, Pinto de Sousa, JG Aguiar para a mesma mesa de discussão sobre os podres do futebol português e respectiva resolução.
Posted by FS at 8:15 AM





O PORQUÊ DE NÃO INVESTIGAR ESTE PRESIDENTE DO SCP






RECORD – Lembro-me que durante o mandato de José Roquette,você se revoltou com acordos que nunca ficaram esclarecidos, nomeadamente entre o Sporting e o FC Porto. Quer revelar pormenores em relação a isso?
JOÃO ROCHA – Havia um projecto com o FC Porto que era muito prejudicial para o Sporting. Era mesmo inqualificável. Insurgi-me num Conselho Leonino e numa assembleia geral. Era um projecto gravíssimo que só podia sair da cabeça de um indivíduo sem responsabilidades. José Roquette dizia que era um projecto válido, porque era a única maneira de Sporting e FC Porto estarem sempre representados na Liga dos Campeões.
RECORD – Vai concretizar ou continuar a guardar trunfos?
JOÃO ROCHA – Não digo mais nada sobre isso. Foi falado no Conselho Leonino e eu disse ao líder da AG para mandar calar sobre essa informação, que foi longe demais. Disse-lhe ainda que o resumo do acordo com o FC Porto devia ser gravado de tão grave que era, porque talvez fosse necessário que essa gravação viesse a ser pública na defesa dos interesses do Sporting e dos seus sócios. Não vejo o desporto assim.

Sem comentários: